domingo, 27 de abril de 2008

Tarte de queijo americana


Mais uma vez cozinhei a altas horas da noite. Esta tarte ficou pronta à uma e meia da madrugada. Até para cozinhar preciso de estar sozinha e em sossego :-) Ao folhear o livro de bolos que comprei, a minha mãe pediu para fazer a tarte de queijo americana porque adora queijo. Decidi experimentar mas tive que fazer algumas alterações. Esta receita pede uma forma de tarte de 26 cm diametro mas a minha encheu e sobrou massa (a minha tem 3,5 cm de altura). Como eu cortei na quantidade de queijo fresco (usei requeijão), se levasse mais ainda sobrava mais massa. Se for uma forma altinha já deve dar para a massa toda. Como não leva farinha não cresce muito. Ficou boa, mas neste tempo quente acho que fica melhor depois de ir um pouco ao frigorífico.


Ingredientes:

10 tostas (100g) ou bolachas maria com o mesmo peso

2 colheres de sopa de açúcar

40 g de manteiga


600 g de queijo fresco (usei 400 g de requeijão porque não havia queijo fresco)

2 dl de natas azedas ou iogurte natural (usei iogurte natural mas acho que se calhar ficava melhor com as natas azedas)

5 ovos

175 g de açúcar

raspa de meio limão

2 colheres de sopa de sumo de limão

50 g de maisena

1 colher de chá de fermento em pó


Preparação:

Meter as tostas ou a bolacha maria num saco ou embrulhar em papel de alumínio e desfazer com o rolo. Amassar com a manteiga e o açúcar, até obter uma massa ligada. Forrar com ela a forma untada com manteiga, alisando.

Misturar o queijo com as natas azedas ou o iogurte. Separar as gemas das claras. Bater as gemas com o queijo, o açúcar, o sumo e a raspa de limão. Bater as claras em castelo. Misturar a farinha com o fermento e peneirar sobre o creme de queijo, juntando depois as claras batidas em castelo.

Deitar na forma, alisar e meter a tarte no nível inferior do forno durante uma hora e meia (só pus uma hora). Soltar logo as bordas da tarte da forma com uma faca e desenformar. Servir depois de fria.

Numa forma maior em altura fica com um aspecto mais bonito porque a massa é muita e nas quantidades originais ainda fica maior :-)

9 comentários:

Dama do Lago disse...

Muito bom aspecto, acho que vou experimentar :)!

Nysa disse...

ficou muito lindo!!! também consigo ser mais produtiva de noite, é qd toda a gente está a dormir e tudo está mais calmo. beijocas

edinha disse...

Adorei a tarte
Beijinhos

Saltapocinhas disse...

desde que comecei a frequentar blogs de culinária fiquei com um problema que é "e agora faço qual doce??"
é que eles são todos tão bons!!

ameixa seca disse...

Dama se tivesse uma forma mais alta ficava ainda mais bonita.
Nysa eu realmente funciono melhor quando ninguém anda de volta de mim e consigo fazer o que quero como quero :-)
Edinha Obrigada.
Saltapocinhas és só tu e eu... Por agora vou experimentar algumas receitas dos livros mas já tenho muitas retiradas de blogues para fazer :-)

João Crisóstomo disse...

aiii

eu tenho um carinho especial por ti, nao perguntes pk mas gosto dos teus comentarios no Estufa e praticamente todos os dias passo aqui no teu blog... ha e tmb gosto muito do patinho! =P

soque eu nao posso vir aqui muitas vezes!! eu engordo so de ler os posts!! inda mais ando a ver se me meto em forma!!

esta tarte tem um aspecto tao apetitoso... aiii mãe!!

=P

**

ameixa seca disse...

João Crisóstomo,
Devo dizer que o carinho é recíproco. Há coisas que não sabemos explicar e que apenas sentimos. É o bastante!
Fico lisongeada com o teu comentário. Agradeço imenso :-)
Um abraço

Axly disse...

Olá Ameixa
Tua mãe é das minhas, amoooooooo queijo!!! E essa tarte tem tudo pra ser ótima, mas gostei das tuas mudanças.
E também adoro cozinhar de madrugada, sou muito morcega!!! Hahahaha...
Mas ultimamente só tenho dormido mesmo de madrugada, minha rotina anda muito puxada.
Mas deixa as férias chegarem^^
Kisss

ameixa seca disse...

Axly é mesmo isso. Sou muito morcega :-) Eu também durmo tarde, mesmo que levante cedo.
Amanhã vou aproveitar para ficar até mais tarde na cama :-)
Bom feriado