domingo, 9 de maio de 2010

O que era bom, acabou-se :)

Para terminar, duas semanas após a viagem ao Sul, deixo o relato do último dia. Agradeço mais uma vez à ASA - Associação Sotavento Algarvio - apesar de dizerem que por lá Só Tá Vento e ter chovido sempre ao fim da tarde, mas isso são pormenores que eu perdoo :)

Um muito obrigada ao Sr. Detlev von Rosen, proprietário dos Viveiros Monterosa, que tão carinhosamente nos recebeu e respondeu a todas as curiosidades acerca do olival e dos azeites, à Vereadora Marlene Guerreiro e à Cláudia que nos receberam no restaurante Fonte da Pedra em S. Brás de Alportel, e aos proprietários do restaurante que aconchegaram de forma deliciosa os nossos estômagos antes da longa viagem de regresso a casa.

Minhas queridas companheiras, colegas e amigas, só vos tenho a agradecer os momentos de descontracção, animação e satisfação que vivemos durante estes dias. Espero sinceramente, que outras oportunidades surjam em breve para matar as saudades e para dar dois dedos de conversa.
A todos os leitores do blog que, pacientemente, têm cá vindo à espera de encontrar receitas, só vos posso dizer que, se um dia tiverem oportunidade, visitem o Sotavento Algarvio!


Domingo, o último dia,
É o fim desta viagem.
Só de pensar dá-me azia
Façam as malas, coragem!

Check-out da quinta.
Deixar a serra para trás .
Mais umas fotos com pinta,
E eu sem pentear as cãs :)

Olhem a bela surpresa
Os lindos cestos de encantar!
O Algarve é uma riqueza,
Já não vamos de mãos a abanar :)


A última paragem
Foi nos Viveiros Monterosa.
Que bom, respirem a aragem
Da plantação fabulosa.


Dirigidas pelo Sr. Detlev
Que nos explicou o funcionamento.
Nada ali nos impede,
De entrar pelo Olival dentro.


Estava calor, é certo!
O sol estava a escaldar.
De repente, ali tão perto
Surge um besouro a esvoaçar.

Pousou com delicadeza.
Não era gafanhoto, que bom!
Se fosse, eu fugia de certeza
Mas não era de bom tom.


Calcorreando o olival
Vendo de perto as Oliveiras.
A apanha é artesanal,
O azeite ultrapassa fronteiras.

Também fizemos degustação
Do produto ali fabricado.
De copinho de plástico na mão
Provamos azeite delicado.



Era virgem com uma bela embalagem
E também estava à venda.
Puxam da nota com coragem
Para oferecer como prenda.

Já estava a Ana a avisar
À chefe Margarida,
Que o tempo estava a passar
E tínhamos à espera a comida.

Despedimo-nos da plantação
Saímos pra São Brás de Alportel.
Tivemos que pedir informação
Acerca do lugar do farnel.


Tivemos borrego e bacalhau
De entrada um camarão delicioso.
Comemos até dar cum pau!
Creme de manga, tarde de maçã e tiramisú famoso.


Fonte da Pedra, assim se chamava
O restaurante que nos deu bom comer.
Depois disso íamos prá estrada
Despedi-mo-nos quase a correr.



Apanhamos um domingueiro,
Tivemos que os quatro piscas ligar
Apetecia dar-lhe com um tranqueiro
Para o carro dele arrumar.

Ai que falta pouquinho!
Margarida tu acelera,
Vai-me dar o bagaiozinho
Olhem que o Alfa não espera.

Um minuto era o que faltava
Voamos da carrinha com as tralhas.
O homem no alfa gritava
Depressa metam cá as malas!

Ai que desgraça, que aflição!
Por pouco ficávamos em terra,
Ia morrendo do coração
Adeus Algarve, ria e serra.

Mais 6 horas de viagem,
A caminho do meu lar.
Vá Ameixa, tem coragem
Isto é tudo pra recordar.

Caríssimas companheiras,
Que prazer foi conviver.
Já somos quase confreiras
Vivem cá dentro, estão a ver?


Este blog seguirá com a sua programação habitual. Apesar da máquina ter dado o berro, ainda tenho algumas receitas para publicar. Depois disso... logo se vê :)
Bom Domingo e bom início de semana!

45 comentários:

pipoka disse...

Só uma linha sobre o pente?
Mas que coisa surpreendente!

Vou-me deixar de rimas, que é coisa para a qual não tenho jeito! Adorei todos os relatos, adorei conhecer-te... e tb estás cá dentro que o meu coração e tão grande quanto o da C., C'um canário.

bjs

Saltapocinhas disse...

fartaste-te de passear, mulher!

turbolenta disse...

E assim acabou "A grande reportagem"
acabou em beleza!
e , não sei porquê,mas vi por aí um camarão todo empertigado a olhar para mim... comia-o já....todo!
a comida tem...(tem não.... tinha) um aspecto maravilhoso.
Gostei do que li e só espero que para o ano haja mais e assim tão bom como esta viagem fabulosa.
bom fim de semana

Bombom disse...

Imagino pelos teus poemas, como deve ter sido agradável esse convívio Algarvio. Mas só podia ser! Com tais companheiras de "Bloguisse Culinária", com sol Algarvio,com anfitriões de primeira, tinha de ser óptimo!
Muitos parabéns pelas rimas! Não é fácil descrever todas estas sensações em verso e tu conseguiste-o bem. Bjs. Bombom

Gina disse...

Amiga, amei tudo isso! Fiquei rindo a imaginar, pelo relato, tudo que ocorreu.
Certamente, tem alguma ficção, por conta da poetisa, mas esse encontro vai ficar pra história. Tiveram um bom tempo juntas e aproveitaram muito bem.
Bjs.

Mary disse...

A parte da degustação agrada-me e aquele camarão já ia! hehehe:)

Ana Powell disse...

Fico tão feliz que tenhas gostado do meu querido Algarve.
Dia 21 estou de parida para Portugal, só espero que sem problemas pois a nuvem de cinza é persistente.
Feliz Domingo x

ameixa seca disse...

Pipoka, o que é demais é erro. Uma vez chega he he Acho que o coração de todas nós engordou um bocadinho :)
Saltapocinhas, valeu pelos anos todos que estive sem passear :)
Turbolenta, nem me fales em camarão... que saudades e que bom camarão por lá comemos :)
Bombom, torna-se mais fácil quando se viaja para sítios tão inspiradores :)
Gina, por incrível que pareça, tem muito pouca ficção nos relatos. Tudo que eu descrevo, realmente aconteceu :)
Mary, essa parte deixa muitas saudades :)
Ana, ainda bem que o Alfa não apanhou nuvens senão eu nunca teria conhecido o teu maravilhoso Algarve :)

Drika disse...

Que viagem boa, hein? :)

justme disse...

Uma reportagem linda que fizeste Ameixa, os teus relatos em verso aliados às lindas fotos das paisagens e dos pratos algarvios fazem-nos ter vontade de largar tudo e ir a correr para o Algarve.
Bjs.

"Manjares da Manu" disse...

Que belo passeio!!!!E que delícias são essas!!!Que beleza!!!

BJs...

conceicao disse...

Graças aos vossos relatos fiquei a conhecer um Algarve bem diferente.
Bjs

Valentina disse...

És uma poeta Ameixinha. Amei ler estes relatos nesta forma tão bacana. Que bom!!

ameixa seca disse...

Drika, super boa :)
Justme, infelizmente, as fotos não são minhas mas eu vi a mesma coisa he he
Manu, Conceição, Valentina, obrigada :)

Marly disse...

A gente até se torna repetitiva, mas não tem remédio: Que passeio delicioso! Nele teve de tudo, diversão, aprendizado, boa comida e ainda travaram boas amizades!

Beijinho e boa semana.

Vivian disse...

Ameixa, fiquei um tempinho sem apareecer e vejo todas essas coisas maravilhosas !! Amo viajar e vou ler todos os seus posts !!

bj

Odete disse...

Ameixa, tenho que voltar com tempo pra ler tudo sobre essa aventura. Amo viagens e quero ler com alma. Parece incrivel que ainda nao conheco Portugal...mas acho que do ano que vem nao passa. Tenho que conhecer e viver essas maravilhas.
Tudo tao convidativo e ainda mais com descricao poetica...heheh inspiracao!

Bjs

Salsa Verde disse...

Mais um relato magnífico e um fantástica rima cruzada (será que ainda me lembro bem...??).
Como dizes, o que é bom acaba depressa, mas as recordações, essas ficam para sempre e ninguém tas tira, não é?? Infelizmente, além da vivência dos bons momentos, o que ficam são as saudades e lembranças, mas quando daqui a uns anos olhares para estes "posts"e para fotos, vais sorrir e tudo estará tão presente e vivo na tua memória...
Beijinhos,
Lia.

Heloísa disse...

Ameixa,
Que viagem boa. E com esses relatos, em forma de versos, ficou fantástica.
Beijos.

Sandra G disse...

Espectáculo!!!Mais uma vez está mágnifico o teu relato desse fim de semana inesquecível.

Bjs

Smas disse...

Tanto passeio, tanto passeio.
EU só quero que me mostres um pouco da tua cidade quando aí for, pode ser?
Bjs

Abóbora Amarelinha disse...

Coitado do besouro se soubesse o que ia encontar, tinha esvoaçado para outro lado...

E de relatos em verso
vamos ficar por aqui
a não ser que de repente
algo surja de perverso
beijinhos

Adriana disse...

Que lindo! adorei!

gasparzinha disse...

Ó minha querida, que saudades vou ter destas tuas rimas!
Até do besouro te lembraste - lindo! :) :)

Espero que até breve, amiga.
Beijinhos

Cucchiaio pieno disse...

Que belo e animado passeio!
Realmente o cesto esta' muito rico, cheio de delicias. Esse azeite deve ser divino!
Os pratos sao fantasticos.
Um abraço
Léia

cacahuete disse...

E acabaste em beleza Ameixinha. Belas férias e que belo relato em prosa.

Beijinhos

Helena disse...

Ameixinha poetisa
Espero que não tenhas desfeito a moleirinha com tanto verso,ehehe!
A nossa corrida para o comboio......é o meu destino!
Nem um abraço demos à Margarida e à Ana!
Temos de nos encontrar para por os afectos em dia.
Beijinhos

ameixa seca disse...

Marly, houve de tudo e foi tão bom :)
Vivian, Heloísa, Sandra G, Adriana, Léia, Cacahuete, obrigada :)
Odete, tens mesmo que vir cá. É um país pequeno mas cheio de encanto :)
Lia, ficam as lembranças e eu ainda me rio com algumas :)
Smas, a minha cidade não tem nada para ver, mas aqui ao pé também há coisas lindas :)
Bóbora, tanta gaja e ele foi poisar no único macho ali do sítio he he Tavas quase a fazer uma quadra ;)
Gasparzinha, achas que me esquecia disso? he he Acho que em breve é provável que saim mais rimas... ou não. Nunca sei para que lado estou virada :)
Helena, a minha moleirinha só não gosta do sol, os versos surgiram muito naturalmente :) Vocês são uma inspiração! Os abraços estão guardados para a próxima vez :)

Vina disse...

Pois é! O que é bom acaba-se depressa!! Beijocas!

Abóbora Amarelinha disse...

tava quase a fazer uma quadra, o quê? é preciso ser tudo á risca?
cada um faz as quadras como quizer!!! ai!

Fátima disse...

Ameixinha, sem receita de comer, mas com receita de viver deliciosamente a vida! Beijos.

welze disse...

estou de volta ao gostosuras e vim lhe desejar uma ótima semana

ameixa seca disse...

Vina, e acabou mesmo :)
Bóbora, tu não me bufes :)
Fátima, seria óptimo se a vida fosse sempre assim :)
Welze, obrigada e igualmente :)

Nani disse...

Tens cá uma veia poeta quem diria!!!

Margarida disse...

Finalmente cá cheguei.. Tento andado com mais aceleração do que naquele domingo.. uffaaa!
Adorei estes versos. Ri-me a bom rir e recordei mais uma vez estes bons momentos que passámos.
O abraço está guardado para breve. : )
beijinho grande

Emília disse...

Uma viagem inesquecivel com certeza! E um encontro para ser sempre lembrado!
Beijinhos

Sylvia disse...

Portugal tem lugares maravilhosos,otimos produtos e pessoas muito querias. Viagei junto a voces , linda viagem. Espero poder um dia voltar com meu esposo , para que ele conheca estas maraviñhas também. Vamos ver
Bjs

familia antunes disse...

E assim terminou uma grande aventura....
Obrigado por partilhares esses momentos tão especiais que viveram...
Beijinhos e boa semana...

ameixa seca disse...

Nani, é só de vez em quando :)
Margarida, está bem guardadinho e a crescer a cada dia que passa :)
Emília, mesmo inesquecível :)
Sylvia, espero que venham cá um dia destes e que gostem :)
Familia Antunes, obrigada :)

Noémia disse...

Muito bem, isso é que foi uma viagem e peras! Deve ter sido bem divertido.
A estopada foi ter que fazer tanto verso, não é fácil, não!:)

Amehlia Digital ! ® disse...

Gente...a pessoa passeou até não poder mais, hein?! rs
E que lindas fotos vc nos presenteou amiga!
E quanta poesia...:)
Um bejim, viu?!
Vinni

Cris disse...

Estas suas poesias... ainda virarão livro... Gosto de ver sua empolgação, e estas fotos lindas... bjs

ameixa seca disse...

Noémia, desta vez até nem foi muito trabalhoso :)
Vinni, obrigada :)
Cris, será? Acho que não têm qualidade para tanto mas seria engraçado :)

Laranjinha disse...

Querida Ameixinha,

mais uma vez adorei o teu relato. Estes teus posts são um sucesso.

Muitos beijinhos,

ameixa seca disse...

Laranjinha, muito obrigada :)