quarta-feira, 4 de junho de 2008

Bolo de cenoura


Há bolos que têm sabores especiais que nos lembram a infância. E a minha infância foi muito feliz. Lembro-me que, na escola, era a mais pequenina e a mais magrinha de todos. Não sei precisar o meu peso em kg quando entrei para a escola do primeiro ciclo (antiga primária), mas sei que no 4º ano pesava 19 kg. Era e sou muito magra, motivo para andar sempre ao colo de todos os meus colegas. Era o "saco de batatas" e era super engraçado, excepto quando me ataram as mãos e os pés (sim, porque um saco de batatas não esbraceja nem esperneia) e pegaram em mim em ombros... como era muito leve, o meu destino foi passar o ombro e bater com a cara no chão de cimento. Um episódio triste mas sem cicatrizes... só recordações. Isto tudo para dizer que apesar de ser muito magra, sempre comi bem. Aliás, depois da escola reunia-me com uma prima e davamos asas à imaginação na cozinha. A coisa acabava mal a maioria das vezes, porque a emoção e a vontade de comer algo não nos deixava ter o bolo no forno por muito tempo. Logo, saía com "pito" como nós dizíamos :) E nós não queriamos saber disso para nada e lá comiamos satisfeitas. Mas os bolos que fazia na infância e adolescência não eram de cenoura, porque raio tenho o título "Bolo de cenoura" e estou para aqui a falar dos bolos que fazia na infância? É que lembro-me de comer em algumas festas bolo de cenoura que eu adorei e nunca esqueci o cheiro dele. Quando fiquei mais crescida li algumas receitas e este que apresento é o bolo de cenoura que faço cá em casa. Muito simples e fácil...


Ingredientes:
2 chávenas de farinha (coloquei também um pouco de farelo)
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de canela em pó
1 chávena de açúcar
4 ovos
1 chávena de óleo (usei de soja)
2 1/2 chávenas de cenoura ralada
acúcar em pó para polvilhar

Preparação:
Peneirar a farinha, o fermento, o bicarbonato e a canela para uma bacia. Juntar o açúcar e misturar. Bater os ovos com o óleo. Adicionar a mistura dos ovos e a cenoura aos ingredientes secos, mexendo até estarem ligados. Deite a massa numa forma. Leve ao forno a 180º por 40 minutos ou até o bolo estar cozido. Deixe na forma 10 minutos antes de desenformar para uma rede, para arrefecer. Polvilhe com açúcar em pó depois de frio.

Nota: Fiz esta receita numa forma redonda e numa forma de bolo inglês. O bolo redondo foi para oferecer e guardei um pouco da massa para nós cá em casa. Portanto, ele não fica assim baixinho como aparece na foto. E está um pouco queimado por baixo. Esqueci-me que tinha menos massa e cozia mais depressa :p


33 comentários:

anna disse...

Adoro bolos de cenoura e o teu tem uma cor lindissima...
Beijos.

Alegna disse...

Ai que maravilha, os bolos de cenoura sõa dos meus preferidos!

Saltapocinhas disse...

também fazia uma torta de cenoura muito deliciosa, no tempo em que não passava a vida a experimentar receitas novas!!
esta parece bem deliciosa!

19 quilos no 4.º ano???
eu tenho uma menina que deve pesar isso, mas anda no 1.º!!

Vivian disse...

hum, esse bolinho está tentador ...

Marizé disse...

Diverti-me muito a ler a história do "saco de batatas" :-)

O bolinho está com cara de delicia

Bj

Nela disse...

Bolinho de cenoura adorooooo.Também o faço de diversas maneiras,e é tão bom o nosso bolinho caseiro!Está como eu (quando tinha 2O anitos)pesava 41kilo,agora tenho mais uns anitos,e quilitos tambem.... beijito

monica disse...

A um bolo com este aspecto tão apetecível ,é difícil resistir! Beijinhos

Docestemperos disse...

Os bolos de cenoura são sempre uma boa alternativa tendo em conta que na sua confecção temos um ingrediente saudável. Também aprecio muito!

Cláudia M. disse...

Ameixinha, acabas de me tirar um peso de cima: eu acho a minha filhota "magricela" (ela pesa 21kg, mas tem 6 anos - quase 7), se calhar vou mudar de ideias...
Mas olha, antes magrinha que demasiado gorducha, faz-me mta confusão ver crianças obesas, não é nada saudável.
Quanto ao bolo de cenoura, é um dos meus preferidos. Fiz um há pouco tempo, mas ainda não me habituei a "postar" os meus cozinhados... BJS

Luciana Macêdo disse...

O aroma do bolo assando, também me faz lembrar minha infância. Assim como minha avó e minha mãe, eu também faço bolo toda semana. Gosto de fazer receitas novas mas sempre temos as preferidas. Para meu filho é bolo de cenoura. O que faço é um pouco diferente do seu e faz muito tempo que não faço. Olhando seu bolo tão fofinho me deu vontade de prepará-lo. Boa lembrança.
Bjs!

Natércia disse...

Minha linda pode ser duas fatias para esta mesa gostei mesmo. Um bjo. Natércia...

ameixa seca disse...

Anna, a cor ficou bem. Pena é o tostado de baixo :P
Alegna, é o meu cheirinho favorito ao sair do forno ;)
Saltapocinhas, 19 kg mesmo com 9 anos e sempre fui saudável.
Vivian, a tentação fez com que já não haja bolinho ;)
Marizé, agora também acho piada mas na altura foi horrível. Ainda guardo a foto da minha cara "em obras" eheh
Nela, quando tinha 20 também pesava cerca de 40 kg. Agora melhorei e estou nos 45 ;)
Monica, ninguém resistiu... foi tudo eh eh
Amélia, temos é que nos lembrar que a cenoura é doce e cortar no açucar do bolo ;)
Claudia, eu não sei quanto pesava aos 6. Mas era pouco de certeza. Nunca tive problemas de saúde, fui sempre uma resistente. Nem gripes nem nada ;)
Luciana, então força e apresenta a tua receita. Gostava de saber ;)
Natércia, já não há. Para a próxima guardo-te as fatias ok?

Marcos disse...

Ameixa que lindo bolo...como não tens nada para mim! um beijo. Marcos:))

risonha disse...

ainda vou a tempo de cravar uma fatia? ou a família da ameixa já comeu tudo?

Talula disse...

Minha mãe nunca cozinhou, por isso não tenho essas recordações de infancia... mas sem traumas! Hoje, todos os filhos cozinham e todos muito bem, acho que essa foi a nossa vingança... hahaha
Teu bolo ficou lindo!
Um beijo, querida!

edinha disse...

Gostei da história do saco de batatas
apesar das consequencias :)
Agora o bolinho de cenoura deve ser uma delícia.
Beijinho

Nani disse...

Concordo com a Edinha, o bolo deve ser delicioso, e é sempre bom relembrarmos a nossa infância pricipalmente aqueles que foram felizes, pq infelizmente nem todos a podem recordar com saudade, bjs

pipoka disse...

Já estou a imaginar esse bolinho de cenoura com uma caldinha de chocolate (já te disse que era chocodependente?!)

bjs

Mamã Catarina disse...

Bem, entrar aqui e dar logo de caras com este bolo tão douradinho... que tentação! Eu só sei fazer um bolo de cenoura desde que me lembro, e leva cobertura de chocolate :)

Ainda por cima eu ando desde ontem a querer fazer um docinho novo e estou mesmo sem idéias! Acho que vou dar uma voltinha por aqui :)

Beijinhos!!

ameixa seca disse...

Marcos, obrigada. Não há mesmo nada...
Risonha, hoje não há... amanhã quem sabe? ;)
Talula, a tua história terminou bem então :)
Edinha, era pouco mais que uma arroba :)
Nani, é verdade! Infelizmente nem todos temos uma vida feliz e despreocupada. A infância é importante para o resto da nossa vida...
Pipoka, já li muitas vezes da tua chocolatodependência. Podia ser uma dependência pior :)
Catarina, também faço com cobertura de chocolate, mas nem todos são chocolatodependentes como a Pipoka :p Eu por acaso gosto muito da cobertura de chocolate...

Sandra disse...

Obrigado pela visita e pelo apoio ao meu "recém-nascido" blog. E sim, podes e deves me tratar por tu.Também me acontece muito ter saudades de cheiros e sabores da minha infancia.
Que aspecto delicioso.
Beijinho
Sandra

janeca disse...

Há..Há..Há..Sou tu Ameixinha para me fazeres rir...adorei a história do (saco de batatas)felizmente não correu nada de mal.
Quanto ao teu bolinho está lindo mesmo torradinho por baixo,sei que já comeste todinho,mas para a próxima podes deixar para mim as aparas escuras!!

Bjinhos!

Migas disse...

Bolo de cenoura é SÓ o meu FAVORITO! Adoro. Com calda, sem calda, com cenoura crua, com cenoura cozida... De qualquer maneira! E por acaso faz-me lembrar a minha infância porque eu comia uns queques de cenoura que a minha mãe comprava a uma senhora que os fazia em casa. Chamava-os "cenourinhas". Bons mas acho que o teu bolinho ainda está melhor! :o) Quanto à história, de repente fizeste-me lembrar a minha amiga D., de infância. Magrinha e comia bem. E também iamos as vezes para casa fazer "xop-xop". Ela era para os salgados (tortilhas) e eu para os doces (bolinhos). Deu saudades dela...

Beijos

Bela disse...

Sem palavras...
Bjinhos da Bela

Isa disse...

bem ..
este fim de semana voiu já faze-lo adoro bolo de cenoura e aliás leva bicabornato de s´dio que lhe dá um gosto ainda melhor ...parabens

beijos

isa

Mamã Catarina disse...

Olá Ameixinha! Assim que puderes passa no meu cantinho e vai lá buscar o prémio que te deixei :)

Beijinhos e bom fim de semana!!

Agdah disse...

Minha pisquilinha é assim magrelinha também...

ameixa seca disse...

Sandra, não tens que agradecer. Daqui a pouco deixará de ser recém nascido e vai crescer imenso.
Janeca, as aparas escuras comi-as eu... eh eh e souberam-me muito bem ;)
Migas, ainda bem que a "historinha" trouxe-te boas recordações ;)
Bela, obrigada por cá vires :)
Isa, agradeço-te a visita. E bom apetite para o fim de semana ;)
Catarina, Obrigada... vou lá ver :)
Agdá, antes ser assim e saudável que ser gordinha, não?
Bom fim de semana para todos :)

Marcia disse...

Me diverti com a tua história... Lembrei-me do meu irmão que tb era muito magrinho quando criança. O bolo deve ser delicioso! Bjs

Sandra disse...

Bom fim de semana
Sandra

ameixa seca disse...

Marcia, ainda bem que deu para a diversão :)
Sandra, bom fim de semana. Obrigada pela visita

Cláudia disse...

Eu adoro bolo de cenoura, assim deste jeito, sem calda de chocolate, mas sabe que aqui no Brasil o bolo de cenoura tradicional vai a calda e minha filha que chocólatra adora! Até em aniversários foi servido bolo de cenoura a pedido dela!

bjs

ameixa seca disse...

Claudia, eu às vezes também faço com cobertura de chocolate mas, para variar, desta vez foi só açucar em pó :)