terça-feira, 17 de junho de 2008

Cocktail de frutas


Quando andava no 7º ano a minha professora de Inglês sugeriu um intercâmbio entre estudantes de outros países. Ou seja, tinhamos oportunidade de conhecer uma pessoa de outro país, de cultura diferente e de partilhar experiências através de cartas manuscritas, porque naquele tempo não havia outro meio - pareço uma cota a falar. Era uma boa estratégia de treinar a Língua - português ou inglês- e de estabelecer amizades numa fase tão importante como é a adolescência.

Naquele momento aquilo não me interessou minimamente, o que eu queria era brincar e já tinha amigos suficientes. Mas, passei muitos anos arrependida de o ter feito. Às vezes o "timing" é errado e quando quis um correspondente, não o tinha.

Porém, já depois de terminar a faculdade e através da net, conheci uma pessoa que vive no México... tão longe! Eu continuo a ser adepta de escrever e enviar cartas manuscritas, receber uma carta com um selo é muito mais bonito :)

Como somos de países diferentes, com gastronomia distinta pedi-lhe que me enviasse uma revista de culinária do México. A semana passada chegou a "encomenda" e tratei de escolher uma receita a pôr em prática. A revista é uma edição de luxo e tem "um toque de sabor mexicano". Portanto, tenho que agradecer ao Andrés pela disponibilidade e simpatia com que me enviou a revista: Gracias Mexicano! :)

Mais uma vez o meu "timing" foi errado e escolhi um Domingo chuvoso para preparar uma receita que sabe melhor no calorzinho. Mas o resultado foi tão bom que, mesmo a chover, comeu-se muito bem. E tem um aspecto muito agradável.

Fiz algumas modificações porque não tinha algumas das frutas em casa. Hei-de experimentar a receita original, até porque deve ficar com outra cor.

Ingredientes:

30 g de gelatina em pó

2 taças de água (não sei a medida que leva cada taça, usei a medida de 200 ml por cada taça)

300 g de açúcar (usei 280g)

1 maçã

1 pêra

1 goiaba (substituí por um pêssego)

250 g de uvas verdes sem pevides/sementes (não tinha e não substituí por nada)

1 banana

2 taças de natas (usei 2 pacotes de 200ml cada um)

1 taça de leite

Decoração:

morangos (ou framboesas ou fatias de fruta da nossa preferência)

Preparação:
Hidrate a gelatina com uma taça de água e reserve. Aqueça a água restante com o açúcar, quando ferver, junte a gelatina hidratada e mexa até dissolver. Retire e reserve. Descaroçe a maçã, e a pêra e retire as pevides da goiaba; corte-as em quadradinhos de tamanho igual ao das uvas e reserve. Triture a banana com a fruta cortada, as natas e o leite até obter uma mistura homogénea. Verta num recipiente (forma de pudim ou molde de alumínio com 2 l de capacidade) e leve ao frigorifico até solidificar. Deixei cerca de 20 horas no frigorífico. Para desenformar mergulhei a forma em água quente. Decorei com morangos cortados em fatias e uma folha de hortelã. Usei aquela forma pesada que eu mostrei aqui e ficou espectacular.

29 comentários:

Natércia disse...

Ameixinha adorei a receita deve ter ficado 5 estrelas! vei tu o meu filho mais velho esteve a viver no México 5 anos nem se lembrou de me trazer nada de cozinha...dois dos meus netos nasceram lá uma das meninas quando chegou aqui chorava e dizia eu quero o meu Pais.Um bjo. Natércia...

Marizé disse...

Realmente o contacto com pessoas de outros paises é muito enriquecedor, eu no liceu também tive um amigo de "escrita" era um brasileiro não havia a barreira linguistica e os contactos eram muito engraçados.

Eu acho que esta sobremesa não tem estação e será sempre uma delicia.

Bj

risonha disse...

ainda venho a tempo de comer alguma coisa ou os gulosos aí de casa já se encarregaram de comer tudo?

cupido disse...

Tem muito bom aspecto; não costumo fazer coisas com gelatina, nem sei porquê.

Nana disse...

Ameixa querida, adorei essa sobremesa.
Me lembra uma maria mole mas com gostinho de fruta kkk
Amiga, temos que começar o nosso intercambio.
Bjs

Marcos disse...

Ameixa que boa a tua sobremesa! Ainda chega um pouco para mim. Um beijinho. Marcos:))

Mamã Catarina disse...

Tens toda a razão em dizer que ficou um pudim espectacular, porque ficou um pudim mesmo bonito! E com tanta frutinha que só faz bem, pode ser que afaste o tempo cinzento que tem estado! Quer dizer, aqui para os meus lados até tem estado solinho o dia todo :)

Um dia fiz o meu pudim de café e quando fui a desenformá-lo foi uma desgraça! Não se desmanchou, simplesmente nem se descolou um pouquinho que fosse! Da próxima vez vou seguir a tua dica e mergulhar a forma em água quente! E secalhar também ajudou o facto de ter estado umas boas horas no frigorífico, o que achas? :)

Beijinhos e boa semana!!

Cláudia M. disse...

Ameixinha, o aspecto está soberbo, quanto ao sabor, fico a imaginar... e imagino que não deve ficar atrás. E se vamos esperar pelos dias quentes para comer essas delícias... o melhor é ir comendo já!
Fizeste-me recordar que, no liceu, tb participei num desses intercâmbios, era mto engraçado.
BJS

Sandra disse...

Sempre achei que o convivio com pessoas de outros paises com outras vivências é muito importante. Abre-nos a mente... e neste caso o apetite :)
beijinho

oquefazerprojantar??? disse...

deve ter ficado mesmo bom!!!
não resisto em experimentar!
bjs lisboetas

edinha disse...

Adorei a receita.
Ficou lindissima e dá para fazer com os frutos que se tenham na altura.
Beijinho

Vivian disse...

Que legal a idéia de trocar correspondencias na era da internet. Vc realmente é diferente de todas as pessoas que já conheci rs
Amiga, amei a receita. Vc deve ter escolhido a dedo. Fico imaginando o sabor dessa sobremesa, deve ter ficado com um azedinho bem lá no fundo né?
bjosssssssssss

claudia disse...

QUe pudim tão especial! Adorei!

ameixa seca disse...

Natércia, "quem não pede Deus não ouve", eu pedi ao Mexicano e ele ouviu-me ;)
Marizé, é muito enriquecedor em todos os aspectos. Não sinto a barreira linguistica. Ele sente mais. Eu tive que fazer alguma pesquisa para entender alguns ingredientes que pedia a receita ;) Mas a net lá me vai safando nas pesquisas.
Cupido, eu não gosto de gelatina, nunca gostei e, das vezes que tentei fazer, a coisa saiu-me sempre mal. Logo desta vez que nem tinha a medida certa das taças, saiu-me tudo muito bem e adorei o cocktail.
Zézinha, não há nada para ninguém. Mas a minha mãe quando provou disse que eu podia fazer outro logo a seguir ;)
Nana, não sei o que é maria mole. Tenho que investigar :)Temos mesmo que tratar do nosso negócio né?
Marcos, obrigada :)
Catarina, o tempo melhorou e tem estado sol. Acho que o tempo de frigorifico é relevante. Na questão das sobremesas frias acho que quanto mais tempo, melhor.
Claudia, posso dizer que o sabor que mais se acentuou foi o da banana porque estava muito madura. Mas, para quem não gosta, pode substituir por outro fruto. Acho que com morangos e framboesas é capaz de ficar muito bom.
Sandra, é verdade. Neste caso foi mesmo o apetite. E aprende-se mais um bocadinho acerca do país que não é o nosso.
Marien, obrigada pela visita ;) Se experimentares depois gostaria de saber a tua opinião ok?
Edinha, é mesmo isso. E tu que és super criativa aposto que usarias frutos que lhe dariam um toque excelente ;)
Vivian, obrigada pelo elogio (creio que é um elogio né?) mas eu sou tão comum quanto qualquer pessoa. Eu sou meio antiquada nalgumas coisas. Gosto de preservar, manter e propagar o que é bom e que nunca deveria perder-se. O papel tem um cheiro diferente e os selos que acompanham as cartas são fantásticos ;)
Claudia, e é uma receita muito simples :) Eu gostei muito de fazer e de comer eh eh

Rosane Vargas disse...

Hmmm, simplesmente lindo!
bjs

Nela disse...

Eu cheguei em último já não há nadica de nada para mim ! não é verdade olhos doces?e um doce assim dá para comer em qualquer altura,com frio ou calor,não me importo nada,sou muito gulosa,e esse ficou com muito bom aspecto.E tudo na vida á que remediar,quando não há uma coisa utiliza se outra,muito bem.Beijitos

Nela disse...

Só quero dizer mais uma coisita ácerca da escrita,acho lindo tu"se te puder tratar assim claro"gostares de escrever e receberes cartas,e não é ser cota nada porque a minha filha também o adora fazer e tem prazer em receber também,e adora os selos,tem montes de amigos espalhados dentro e fora do país sabes tem colecção de selos desde pequenita,que foi o pai que lhe começou,e ainda continua,a net tem ela que lidar durante o dia a escrita é diferente,por isso as pessoas são diferentes,deves ser sensivel tal como a minha filha,e assim sofrem mais também.Querida desculpa é o que eu penso,que sejas muito feliz é o que eu te desejo.bejito e desculpa.

Nani disse...

A fotografia está lindaaaa e a receita adorei e então com o calorzinho que teima em chegar deve ser do melhor, saborear esta delícia, bjs

Akemi disse...

Ameixa, esta sobremesa está linda e com tantas frutas há de ser muito saborosa também! Parabéns pela escolha da receita e pelo livro que recebeu! Bjs

pipoka disse...

Também adoro receber cartas, mas estou tão habituada a escrever no computador, que escrevê-las... tá quieto!

Quando à sobremesa, o que é bom é para comer todo o ano.

bjs

Docestemperos disse...

Muito agradavel á vista e concerteza tambem ao paladar.Gosto muito das suas sugestões.

Saltapocinhas disse...

quando eu andava no 5º ano (actual 9º) tive basrantes correspondentes, também numa iniciativa da prof de ingles!

ainda tenho por aí algures os postais que recebi.
o problema era escrever em inglês!!

em relação a culinaria, eu gosto sempre de provar os pratos tipicos do local onde estou!
abomino aquelas pessoas que comem bitoque em todo o lado!

mas actualmente para ver receita sexoticas basta ir aos blogs brasileiros! eu desconheço a maioria dos ingredientes!

Nana disse...

Amigaaaaaaaaaaaaa
me responde, já esta tudo ok para postar, só falta eu escolher a sua e vc a minha receita.
Bjs

ameixa seca disse...

Rosane, obrigada pelo elogio :)
Nela, há sempre qualquer coisinha para ti, nem que sejam apenas palavras ;) E podes tratar-me por tu que eu faço o mesmo ok?
Nani, a foto podia ter ficado melhor, não fosse a minha máquina um bocado manhosa :) Obrigada.
Akemi, cheguei ao México. Agora falta-me o Japão ;) Eu chegarei lá...
Pipoka, eu escrevo no computador, mas ainda tenho o hábito de escrever para quem está longe de mim. Principalmente nas épocas mais importantes. E tendo um correspondente também o faço. Só não gosto muito de esperar séculos nos ctt para enviar uma carta... De resto é muito bom.
Amélia, os morangos deixam tudo muito lindo não é? Eu acho :) E o sabor é óptimo.
Saltapocinhas, eu também gosto de experimentar a comida local. Bitoques não é comigo. Receitas sexoticas nunca vi. Mas agora fiquei curiosa :) eheh o "s" a mais ficou porreiro... gostei. Os ingredientes desta receita são conhecidos, por isso torna-se mais fácil.
Nana, já te enviei um mail há algum tempo. Não recebeste? Diz algo.
Abraços

Nana disse...

Ameixa, recebi sim e te respondi.
Agora me responda.
Vou postar para ti nas duas paginas, na minha e no desafio.
Bjs

receitinhas da belinhagulosinha disse...

venho te pedir desculpas,minha querida ameixa.............beijinho muito grande nesse teu coração..........

maravilhosa a tua receitinha...........

ameixa seca disse...

Belinha, não precisas pedir desculpas. Ora essa, é só para saberes que estou cá para o que precisares ;)

Saltapocinhas disse...

ó ameixa o "S" era da palavra anterior!!

também li depois e fartei-me de rir!!
devem ser as parceiras das receitas afrodisiacas!!

ameixa seca disse...

Saltapocinhas, eu sei que o "s" pertencia a outra palavra. Mas ficou uma palavra super engraçada ;) São as parceiras... pois é. Já agora por falar em parcerias... sei que o teu blog culinário é só doces. Mas, se estiveres interessada no intercambio culinário também dá para fazer docinhos. Gostavamos que participasses ;) Se estiveres interessada envia-me um mail que eu explico tudo ok?