terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pizza de abóbora

As fotos não são boas mas esta pizza foi a melhor que já comi até hoje! A minha mãe pediu que a fizesse especificamente para o dia de aniversário dela. Claro que eu já a tinha feito uns dias antes pela primeira vez e a cebola caramelizada em conjunto com a abóbora agridoce, fez um sucesso tal, que fui obrigada a repetir... com muito gosto :)

É uma receita muito simples mas que leva o seu tempo. Para cortar caminho sugiro que façam as cebolas balsâmicas antes e a abóbora também. Ajuda bastante em termos de tempo.

Não tinha esta receita marcada no meu rico livro "Pizza" do mestre John Lanzafame, porque achei que nunca a ia fazer. No livro não tem fotografia para ver o resultado final e abóbora não é produto que tenha sempre em casa.

Sem querer, ao folhear o livro, quando tinha muita abóbora para usar, encontrei a sugestão do mestre no capítulo das pizzas "à minha maneira" e, à maneira do mestre, testei esta pizza.

Estou completamente elucidada, está bem explicado porque é que este senhor é o campeão mundial de pizzas :) Falta-me saber quem tem a ousadia de fazer algo assim, tão diferente, desafiador, fenomenal, delicioso e com muita mestria à mistura! Fica a sugestão :)

Para a massa:
1 colher (chá) de fermento seco
1 colher (chá) de sal
100 ml de água morna
2 colheres (chá) de azeite
160 g de farinha simples, peneirada

Ponha o fermento, o sal e a água morna numa tigela pequena e mexa até os elementos estarem ligados. Vá deitando o azeite gradualmente, à medida que vai mexendo e, depois, deixe repousar num sítio quente durante 10 minutos ou até se começarem a formar bolhas.

Junte a farinha e amasse durante 15 minutos ou até a massa estar lisa e elástica. Pincele o interior de uma tigela grande com azeite, ponha a massa na tigela, tape com um pano limpo e deixe levedar num sítio livre de correntes de ar entre uma a uma hora e meia, ou até a massa ter duplicado de tamanho.

(Quem tiver MFP pode apenas colocar a mistura líquida de fermento na cuba, juntar a farinha, ligar no programa "massa" e deixar até o programa terminar).

Dê uns socos na massa para expulsar algum ar que contém. (Nesta fase a massa pode ser tapada com película aderente e ficar de um dia para o outro no frigorífico ou ser congelada. Deixe voltar à temperatura ambiente antes de continuar).

Ponha a massa num tabuleiro de ir ao forno, forrado com papel vegetal, tape e deixe fora das correntes de ar durante 15 minutos ou até voltar a crescer pelo menos metade do tamanho actual. A massa está pronta a ser usada.

Cebolas balsâmicas:
1 colher (sopa) de azeite
1 cebola castanha, finamente laminada
1 1/2 colheres (sopa) de açúcar amarelo
2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico

Aqueça o azeite numa caçarola de fundo pesado num lume forte, junte as cebolas e refogue durante 5 minutos ou até começarem a caramelizar.
Junte o açúcar e mexa até dissolver. Depois junte o vinagre balsâmico, mexa bem e deixe refogar em lume brando durante 6 minutos, ou até a mistura ter uma consistência parecida à dos doces de fruta mas não muito seca.
As cebolas balsâmicas podem guardar-se em recipientes herméticos no frigorífico até 10 dias.

Pizza de abóbora:

3 colheres (sopa) de açúcar amarelo
120 g de abóbora, cortada em cubos de 1 cm
1 mão-cheia pequena de pés de alecrim
1 cabeça de alho, cortada a parte de cima e deitada fora (usei alguns dentes de alho esmagados)
1 courgette cortada, ao comprido, em fatias de 2 mm
azeite para pincelar
farinha de semolina para polvilhar
1 receita de massa simples de pizza (ver acima)
2 colheres (sopa) de pinhões tostados (não usei)
2 colheres (sopa) de salsa de folha lisa, picada
2 colheres (sopa) de cebolas balsâmicas
30 g de queijo Gorgonzola Dolce Latte, esfarelado (ahhh? Não usei!)
75 g de queijo mozzarella, ralado (aumentei para 100 g)

Preparação:

Ponha a pedra da pizza ou tabuleiro de ferro fundido no forno e pré-aqueça a 180º C.
Misture a abóbora, o açúcar amarelo e o alho num tabuleiro de assar e leve ao forno durante 15 minutos, ou até que esteja dourada e tenra.
Disponha as fatias de courgette num tabuleiro de assar numa camada única, pincele com um pouco de azeite e tempere a gosto com sal e pimenta. Asse durante 2 a 3 minutos ou até ficarem tenras.

Aumente a temperatura do forno para 250 ºC.
Polvilhe ligeiramente a superfície de trabalho com semolina e estenda a massa numa circunferência com o diâmetro de 30 cm. Passe-a para o tabuleiro e pique toda a superfície da base com um garfo. Pincele a base com azeite, depois espalhe os pinhões, a salsa e as cebolas balsâmicas. Cubra com as fatias de courgette, a abóbora assada e os queijos e coloque o tabuleiro em cima da pedra ou tabuleiro aquecidos e asse durante 5 a 6 minutos ou até a base estar dourada e estaladiça.

O resultado é este que se vê. O melhor recheio que já provei. O sabor compensa o tempo que se perde à volta da receita :)

Da segunda vez que fiz, aumentei a quantidade de abóbora porque ela diminui no forno.
As courgettes cortei-as mesmo muito fininhas, com um utensílio que é de cortar queijo. Demoram menos de 2 minutos no forno. É preciso ir vigiando.
Esta virou moda cá em casa, até me dá água na boca só de ver as fotos. Há receitas que não nos cativam e, no final, são belas surpresas.

Quero agradecer a uma pessoa muito especial para mim, que partilha a canela comigo e que me deu este livro. Ela é também uma mestra e merece todo o meu reconhecimento. Então, a ti que estás longe e que fazes sentir-te tão perto, um muito obrigada e um grande beijo!

Por falar em longe e perto, apanhem o Trem Bom, vejam as delícias que lá desfilam e votem na vossa favorita. Pode não ser a minha mas votem :)

E agora quem é que se vai atrever a testar esta pizza de mestre? Quantos são? he he Eu aposto em nenhum mas vocês é que perdem ;)

73 comentários:

Tatiana disse...

Ficou incrível! Adorei os ingredientes! Vou experimentar com certeza!!!
Bjs

Heloísa disse...

Ameixa,
Que recheio mais diferente. Deve ser, mesmo, uma delícia, embora um pouquinho trabalhosa, não?
Mas sem trabalho, não se consegue grandes coisas. É isso?
Beijo.

RUTE disse...

Isto é uma superpizza!! Hiperfabulástica concerteza!
Vou ganhar coragem para a fazer...ando preguiçosa para salgados :(
Terminei agora o meu dia azul. Desta vez vou publicar à meia-noite e 1 de dia 13 Dez!

Tânia disse...

Que diferente, Ameixa! Nunca provei abóboras em pizza, nem cebolas carameladas...
Deve ficar uma delícia ;D
Beijinhos

Mari disse...

Ameixinha, que diferente!! O aspecto está divino... me deu muita vontade de experimentar... :)
Bjo grande,

Mari

Adriana disse...

Hummmmm!!!!delicia faremos hoje!
bjs

STA disse...

Querida Ameixinha,
Deve ser uma pequena maravilha...
Gostei imenso.
Bjs

gasparzinha disse...

Pizza e Canela é mesmo uma dupla imbatível... :)

Esta combinação nunca experimentei, mas apenas com cebola balsâmica já, e adoro!

Hummmmm. :)

Beijinhos.

Rachel disse...

Já corrigi a minha receita, viste muito bem a rodela do chouriço.
Obrigada.

Esta pizza é mesmo tentadora!! Tens a certeza que não dá trabalho, a mim parece complicada.

Bjs

Simone Izumi disse...

Dear Little Ameixa: tenho certeza que adoraria esta combinação. Tenho um fraco por pizzas diferentes, diferente do meu marido que só gosta de calabresa :P
outro dia vi uma pizza linda doce, com fatias finíssimas de laranja e limão siciliano...hmmmm...
Hey, fala sério...adorei o comentário das pernas de 16. Tem certeza que não errou de bloggueira?kkkkkkkkkkkkk...
Brigadíssima...sempre dando um up na minha vida, né? Seja através de um versinho campeão, receitas e suas narrativas deliciosas ou um elogio que me deixa super feliz.
Super beijo,
si

Mangia disse...

Para falar a verdade nunca pensei em fazer pizza com abóbora...novidade total!
Parabéns pelas fotos!
Um beijo!

ameixa seca disse...

Tatiana, espero que gostes tanto como nós :)
Heloísa, não acho trabalhosa, temos é que perder um pouco de tempo a prepará-la porque os passos são até bem simples :)
Rute, também tenho publicado mais doces e esta pizza também tem um toque doce! Ainda não fiz nada azul, nem corante azul tenho em casa :) Não faço ideia se vou conseguir participar!
Tânia, também nunca tinha provado e até achava que não ia ficar bom. Foi uma surpresa fantástica :)
Mari, acho que ias gostar muito :)
Adriana, depois diz o que achaste :)
STA, é viciante. Principalmente as cebolas balsâmicas :)
Gasparzinha, tu que gostas de abóbora, imagina-a por cima das cebolas balsâmicas. É fenomenal :)
Rachel, afinal os óculos estão a funcionar bem he he Não é nada complicada. Tem é que perder um bocado de tempo a fazê-la. Os passos e a preparação são bastante simples :)
Simone, ainda não experimentei pizza doce mas acho que não passa desta semana :) Vou fazer uma sugestão deste mestre! Quanto às pernas, quem dera a muitas meninas de 16 estarem como tu ;)
Verena, para mim também foi novidade mas já passou a prato da casa :)

cacahuete disse...

Bem que pizza diferente e com um processo de preparação bem longo, mas pela tua descrição e fotos deve valer bem a pena. Com os ingredientes que leva deve ser bem boa.

Beijinhos

Marina disse...

Manda-me uma fatia que fico já jantada! lol
O recheio está fabuloso!
Beijinhos.

argas disse...

Bem, pela tua descrição dá mesmo vontade de experimentar! Tem de tudo para me agradar! bjinhos

Abelha Maia disse...

Realmente bem original, bem trabalhada, deve mesmo ser uma delicia.
bjsss

anna disse...

É no mínimo fascinante esta pizza tão diferente...
Beijinhos.

Glau disse...

Nossa senhora ameixinha... esta combinação de ingredientes ficou incrível! Fiquei com mta vontade de experimentar!

bjos, glau

Marly disse...

Que pizza mais requintada e diferente! Acho que eu também a aprovaria (e como!)
Beijinho.

Romy disse...

Fazer até fazia mas teria de a comer sozinha :-(
Aqui em casa detestam cebolas na comida :-/
Mas qualquer dia faço uma dose especialmente para eu provar LOL

ameixa seca disse...

Cacahuete, se fizeres a abóbora e as cebolas no dia antes, o tempo de preparação diminui consideravelmente :)
Marina, não ias ficar satisfeita só com uma fatia. Eu e a minha mãe comemos a pizza toda he he
Argas, sendo fã de abóbora acho que te ia agradar muito :)
Abelha, vale todo o tempo que se passa à volta dela :)
Anna, depois de provar é que ficas fascinada :)
Glau, ninguém diria que combinavam tão bem. Fica uma delícia :)
Marly, super diferente mas não menos deliciosa :)
Romy, estas cebolas ficam bem diferentes. São muito boas :)

isabel disse...

Esta pizza é de facto fenomenal!!! E eu acho que vou arriscar-me...Muito obrigada Ameixinha por mais uma sugestão espectacular!!!
SE eu a fizer, a primeira coisa a fazer (depois de a provar, claro está :)), é vir contar-te!!!
Beijinho grande.

turbolenta disse...

Absolutamente diferente de toda e qualquer pizza que já comi.
E eu que tenho ali 2 abóboras às voltas sem saber o que lhe fazer.Confesso que não sou grande apreciadora delas. Até se a sopa a leva, há sempre alguém que diz: esta sopa hoje não está nada boa!
Mas é uma experiência a testar.
bjs
boa semana

Mary disse...

Ena...abóbora aromatizada com alecrim deve ser fantastique!:)
Adorei esta ideia, agora imagina-a aliada ao resto dos ingredientes...
Little Pumpkin, és uma caixinha de surpresas (saborosas)!:)

Alcina disse...

Sempre ouvi a minha mãe dizer que o que é bom ou bonito dá trabalho :-) a pizza tem optima cara :-)

ameixa seca disse...

Isabel, só espero que gostes muito. Não faço publicidade enganosa he he
Turbolenta, já fiz tanta coisa com abóbora e vou publicar, mas a melhor surpresa de todas foi esta pizza. A minha mãe agora viciou nela :)
Mary, agrada-me o facto de ler um livro, ver a receita, fazê-la e ela dar realmente certo :) Melhor do que eu imaginava :)
Alcina, não é em tudo mas esta exige disponibilidade de tempo mas vale bem esse tempo :)

Pão, Bolos e Cia. disse...

Adoro cebola caramelizada, abóbora também, mas nunca me ocorreria fazer esta combinação numa pizza. Ainda bem que a testaste por nós, irei fazer em breve.

Abóbora Amarelinha disse...

Essa pizza alem de boa é trabalhosa mulher, mas...Ameixinha! com pinhões deve ser boa até dizer chega.
Olha e fiquei a saber que encolho com o calor...o que dava um certo jeito.
beijinhos
as melhoras para todos

Fabiana disse...

Ameixa,
Realmente, é uma pizza bem elaborada.
são muitas etapas....mas fiquei tão curiosa quanto ao sabor e ao seu comentário sobre ser o melhor recheio que vc provou....
aí....estou tentada a fazer....mas alguns ingredientes, terei que providenciar.
estou curiosa também, para saber, quem será a primeira a testar a sua pizza;;rs;;rs
bjs

Fabi Mori disse...

Olá!
Gostei muito do seu blog.
Qdo puder faça uma visita, ficarei feliz!
Abraços!Fabi

fabimoribenencase.blogspot.com/

Marina disse...

Realmente estes passos todos desencorajam um pouco. Mas que ela tem um bom aspecto, tem. E a preparação que descreves sugere um sabor sublime.
Enquanto não me decido a fazer, manda-me uma pizza das tua em vez de uma fatia, que eu estou na fila para provar!
Beijinhos.

Smas disse...

Esta é daquelas pizzas que eu ia adorar e os demais detestar porque são uns esquisitinhos!...
Bjs

Sylvia disse...

Adorei esta pizza , bem diferente de tudo que tenho visto.
Vou dar uma espiadinha no trem bom e votar ;)
Beijos

UMA CASA NO NORTE disse...

Tenho as minhas duvidas que esta pizza "pegue" cá em casa, mas que o aspecto e a descrição me tentam... lá isso é verdade!
Beijinhos

manjericota disse...

Ola Ameixa,

Gostei muito do seu blog, vejo q vc sempre comenta em vários blogs. Ótima a idéia da pizza, gosto muito de massa caseira, quero tentar. Aproveite e faça uma visitinha ao meu blog http://manjericota.blogspot.com/

Bjim,
Dani

ameixa seca disse...

Renato, há coisas que só um mestre é capaz de misturar e, como sou bem mandada, fiz o que o mestre manda :) Espero que gostes!
Bóbora, os pinhões são caros e tenho ali umas graminhas agora para o Natal :)
Fabiana, não sei quem vai atrever-se a fazer mas espero que gostem. Vale bem a pena :)
Fabi e Dani, obrigada pela visita, quando eu puder passo nos vossos blogs :)
Marina, eu sei que desencoraja mas quando provares vais ver que te vai impressionar e até esqueces os passos todos :)
Smas, pois é... também tenho desses cá em casa. O que me vale é a minha mãe he he
Sylvia, gosto de tudo que tem uma pitada de diferença. Por isso fiz e não estou nada arrependida :) Obrigada!
Lu, ficar tentada é o primeiro passo para fazê-la :)

Noémia disse...

Olha que eu acredito que deve ser bem boa, só pelo aspecto dá mesmo água na boca!
Agora prometer fazer, isso não me parece, dá um bocado mais de trabalho do que aquilo que considero ser a minha conta! Ehehehe!
Se calhar vou mesmo ficar a perder mas também olhos que não vêem, coração que não sente. Eu não a provei, não me poderei lamentar!:)

familia antunes disse...

Bem...na realidade nunca fiz pizza cá em casa....Gostava de experimentar....era capaz de cair na tentação.....
Mas que tem um aspecto maravilhoso lá isso tem....
Obrigado por esta sugestão diferente mas igualmente deliciosa...
Beijinhos e boa semana....

a Trofa tem cozinheira disse...

he pa...acho que este é o teu maior post ate hoje nao?! lol...sim senhor!!! COISA BOA!!!! estou aqui cheia de fome....aposto que era uma delicia!! BEIJOKAS

borboleta africana disse...

Bem menina...que pizza tão original...gostei mesmo!
Já guardei a receita.

calma que estou com pressa disse...

OII! EU TIVE QUE LER TRES VEZES - PIZZA DE QUE? ESTE TREM DEVE FICAR BOM DEMAIS - O ROBLEMS SÃO OS OUTROS INTEGRANTES DA FAMILIA (QUE SÃO MEIO ASSIM - TRADICIONAIS PARA CLINÁRIA ) EU JÁ ADORO EXPERIMENTAR NOVIDADES!
BJS

Paulo RT disse...

Muito diferente e original. Parece muito bom. Eu AMO pizza, como todo sábado e nunca enjoo.
Esta está na lista.

ameixa seca disse...

Noémia, é uma pena não estares mais perto. Não me importava nada de a fazer para ti :)
Familia Antunes, desde que comecei a fazer pizza em casa, nunca mais quis de outra :)
Bombokita, é provável. Se há quem não leia os posts curtos, imagino quantos não terão lido este que é comprido he he
Borboleta, a minha costela vegetariana sabia que tu ias gostar :)
Lú, a pizza não fica grande. Se fizeres, ela serve duas pessoas com fome :) Fazes outra coisa para os outros!
Paulo, se for caseira ainda e melhor :)

Cláudia M. disse...

Essa pizza cá em casa seria só para mim, mas não me ralava nada com isso!
(A Carolina estava aqui a fazer festas ao gato, olhou para o título, e fez logo uma careta de nariz torcido...) :))

Já eu, comia-a de muito boa vontade!
Não se faz, pá, uma pessoa a tentar "enganar" a balança, mas assim... depois de ler o que tu dizes, só dá vontade de fazer, essa cebola caramelizada deve ser um escândalo! E o sabor do alecrim? E... e...
Enfim! Assim não dá mesmo!

bjs

Cris disse...

Que receita mais linda e maravilhosa ameixinha! Eu adoro pizza de abobrinha (courgette), mas de abóbora nunca comi. E adorei as cebolas caramelizadas, está tudo muito com jeito de bom demais! Beijos!

Gina disse...

Pizza com massa caseira já tem um sabor especial, agregada de ingredientes inusitados, mas gostosos, tem como ficar ruim? De jeito algum!
Menina, a maioria das receitas que tenho publicado estão no arquivo há um tempo. Como estou controlando minha alimentação, apelidei minhas receitas de operação conta-gotas. São doses homeopáticas pra perder peso e chegar ao Natal sem culpa e reservar um lugar para algo que não dispenso de jeito algum, a rabanada!
Quanto às pizzas, deixa o filho chegar para passar o Natal conosco, pra ver se tomo coragem.
Bjs.

Isabel disse...

Bem, que espectáculo de pizza! Este senhor deve ser mesmo um artista,e tu não lhe ficaste atrás!
Eu sou completamente fã de pizza e esta parece-me muito bem, apesar de ser difícil. Mas podes crer que ficou na minha lista de "must do"!
Bjs

Isa Lourenço disse...

Essa é bem diferente!!!
...e parece-me uma delicia!!


Bjocas

Cucchiaio pieno disse...

Querida Ameixa, daria tudo pra comer um bom pedaço desta pizza! De todas as tuas receitas esta é imbativel - AMEI!
Um abraço
Léia

ameixa seca disse...

Cláudia M., é normal as crianças torcerem o nariz para tudo que é legume. Ainda por cima a Carol é pica a comer :) Acho que devias fazer um dia que estejas com a tua irmã, a duas mãos até se faz mais depressa :)
Cris, combina tudo muito bem. Tens que experimentar :)
Gina, o Natal é sempre época de excessos. Eu faço os doces e fico sempre meio enjoada para comer depois. Mas vou petiscando tudo para ver se está bom :)
Isabel, convida a tua irmã e partilha o trabalho com ela he he Vocês vão gostar do resultado :)
Isa, a diferença tem o seu quê de espectacular :)
Léia, tenho que concordar contigo. Esta receita é a receita :)

moranguita disse...

esta pizza deve ser sublime.
que rica combinaçao ameixinha
eu vou guardar a receita,
nem todos iram gostar pela abobora mas eu acho que adoraria.
beijinhos

Carol disse...

Ameixita, mais uma receita sua com abóbora que vai pra minha makelist. A pizza fica muito bela, fininha e deve ser saborosa. Um beijo enorme!!

Isabelocas disse...

Gostei muito da combinação dos ingredientes, fica uma pizza muito original.
Não me atrevo a fazer, aqui em casa são esquisitos nem tudo agrada, agora eu gostava de provar.
Bjs

risonha disse...

muito original sem dúvida.
deste-me uma bela ideia para quando tiver excesso de abóbora em casa.

Verdinha disse...

Bem li o titulo... abobora? Pizza de abobora???

Mas que original!!

Confesso, não sei se para mim será uma coisa a fazer... não me inspira muito pois apesar de adorar abobora sou esquisita com certas coisas pois é muito adocicada...

Mas que tiveste uma bela ideia lá isso....!

AB disse...

Bem essa pizza tem um aspecto divinal. Diz-me uma coisa, eu tenho em casa congelada abobora menina,que é optima, cortada em pedaçacinho. Acho que posso usa-la mesmo já tendo sido congelada?
BEijinho

ameixa seca disse...

Moranguita, a abóbora não é muito, quem não gostar pode apartar :)
Carol, fica estupenda :)
Isabelocas, é uma pena quando é assim, né? Eu também tenho dessas coisas aqui em casa :)
Risonha, acredita que fica bom :)
Verdinha, leste bem e é melhor do que imaginas :) Fica ligeiramente agridoce e isso é que lhe dá o toque especial!
AB, acho que sim. Leva-a ao forno como diz na receita e acho que fica bem na mesma :)

Cláudia M. disse...

Estou a fazer a 2ª dose do doce de maçã (tb não vai ser maçanada pq não as cozi em pouca água...), o outro nem durou 1 mês, desta vez a Carol não torceu o nariz! :)

Então e como é que está o Matiolas?

bjs

Nani disse...

Tenho os ingredientes todos, mas ando sem tempo nenhum para me dedicar á cozinha e ao blog. Achei a receita super original, bjs.

Manuela disse...

Ameixa ficou muito linda! amei mesmo um beijo:))

Aqui na Cozinha disse...

Menina que diferente esta pizza, fiquei curiosíssima. Ainda mais porque adoro abóbora.
Beijos
Patty Martins

www.aquinacozinha.com

Moira disse...

Ameixinha,
Eu fiquei bem tentada com essa pizza, vou guardá-la na minha lista, faço pizzas poucas vezes mas essa tem um ar deveras tentador.
Bjs
Moira

Mari disse...

Pizza de abobrinha é vida!

ameixa seca disse...

Cláudia M., ainda tenho um resto de maçanada para barrar nas torradas. Adoro :) O Matias está bem, agora está aqui a dormir no meu colo!
Nani, esta só se faz com algum tempo, mas vale a pena :)
Manuela, Mari, obrigada :)
Patty, obrigada pela visita e pelo comentário :)
Moira, um dia que faças, vais ver como é boa :)

Nana disse...

Oi amiga,
queria ter mais tempo para vir aqui me deliciar, mas me falta tudo, quem sabe com o notebook fica mais facil de visitar os blogs.
O que importa é o sabor, se a mamãe aprovou, está aprovado.
Bjss

conceicao disse...

Adorei, vou experimentar.
Bjs

ameixa seca disse...

Nana, aprovadíssimo :)
Conceição, espero que gostes :)

Telegram disse...

Fabulosa esta pizza!
Normalmente só gosto de pizzas caseiras, mas acho que não me atrevo a fazer esta....

ps: obrigado pelo teu comentário

ameixa seca disse...

Telegram, é fácil... tens é que perder um bocado de tempo :)

Canela disse...

Então era esta a pizza fabulosa?Ok vai ser a proxima!

ameixa seca disse...

Canela, é esta a pizza deliciosa. O mestre sabe das coisas :)

Naninha disse...

Tá brincando comigo né?! Pizza de abobora??? Uau!!!
Minha mãe que vai comprar a idéia!
Beijos

ameixa seca disse...

Naninha, fora de brincadeiras é a melhor que comi até hoje :)