quarta-feira, 23 de junho de 2010

Casamento da década


Casaram no mesmo dia que a princesa da Suécia e foi mesmo um casamento de princesa, um dia especial para o casal de noivos!
Não esperava que a paisagem fosse tão bonita até Viseu. A zona Luso-Buçaco deixou-me sem palavras mas, como ia sozinha, também não podia falar para ninguém he he
Um grupo de amigos bebia cerveja na parte de trás da carruagem, falavam alto, super divertidos, carregavam garrafões de cinco litros cheios de sangria, sacos de carvão e mais uns quantos produtos, sem esquecer a bola de futebol. Estavam prontos para fazer um piquenique na zona de Mortágua. A manhã não estava muito acolhedora, o céu cinzento preocupava alguns deles que esperavam ansiosamente por um dia de sol. Um deles, pareceu-me ser o único que conhecia o local para onde iam, dizia que ia abrir ao que os outros respondiam "Sim, a porta vai abrir porque o sol nem se vê" :) E não é que o sol abriu exactamente em Mortágua?!
A minha chegada a Nelas foi super acolhedora, a Maria telefonou a dizer que estava um bocadinho atrasada mas à minha espera estavam quatro lindos amigos. Não são fantásticos?


A Maria chegou e lá fomos até casa para trocar de sapatos, de collants e seguimos para a Igreja. Viseu é das cidades mais limpas que conheci, os jardins e as rotundas são muito bem cuidados e não vi ponta de lixo no chão. Ainda andamos um bocadinho a pé até à Igreja e descobrimos que nenhuma das duas sabe andar de tacão alto. A modos que parece que eu ando a calcar sapos :) Um cromo no meio da rua - também há cromos em Viseu - perguntou qual de nós as duas era a noiva. Estávamos nervosas, era a nossa amiga que ia casar, não conhecíamos ninguém, caímos ali meio de pára-quedas. A igreja estava cheia de gente e, lá dentro, um casal de noivos. Chegamos demasiado cedo e ainda fizemos figura de ursas a dizer que "aquele miúdo de certeza que é o irmão do noivo, olha lá como é parecido!", "realmente a cor dos olhos é igualzinha!". Enfim, juntaram-se duas míopes à porta da igreja e só depois nos apercebemos que aquele era outro casamento :)
Meia hora de atraso e a noiva finalmente chega. Fiquei na última fila de bancos da igreja, o mais longe possível de Cristo pendurado na cruz, qualquer coisa que acontecesse eu podia ser a primeira a sair e, estrategicamente, fui a primeira a cumprimentar a noiva e a dizer-lhe o quanto ela estava linda mal ela entrou!

A cerimónia foi diferente do habitual, os noivos trocaram votos, os irmãos do noivo fizeram declarações de amizade eterna, a noiva agradeceu aos familiares e amigos. Ambos estavam felizes, finalmente casados e, em sinal de admiração e satisfação, a noiva dizia: "Sou uma mulher casada!" :)
Rumamos à boda depois do casal calcar as capas pretas - a minha não estava lá que eu não usei daquilo - e apanharem com o arroz na tromba.

Chegamos à Quinta - não graças ao GPS da Mary que se perdeu pelo caminho e nem dizia chiu nem miu - um lugar muito bonito e agradável. Havia cisnes e patos junto aos jardins, tirei algumas fotos como é óbvio.
As entradas foram servidas ao ar livre acompanhadas de violino. Estava um bocadinho de vento e, as moçoilas mais desprevenidas viram os seus vestidos esvoaçarem, deixando mostrar a cuequinha fio dental e um pouco de embaraço he he Enquanto isso os noivos tiravam fotos e, mais tarde, a noiva chegou ao pé de nós queixando-se que o fotógrafo a tinha feito subir a uma árvore e ela tinha caído. Levantou o vestido para provar como tinha sido verdade, e lá estava a meia toda rota e o joelho vermelho. Imediatamente lhe disse que aquilo era prova que ela tinha queda para o casamento :)
À hora do jantar foram servidos pratos fantásticos, das melhores refeições que já comi. Muito, muito bom! Só não apreciei a bola de gelado azul - ninguém conseguiu decifrar o sabor - que vinha no topo do bolo dos noivos, mas comi tudinho.

Guache de legumes

Bacalhau em crôute de broa com puré de castanhas e grelos salteados com pinhões

Sorbet de limão

Lombo recheado com ameixas com arroz de cogumelos da Ínsua e molhinho de legumes

Bolo dos noivos

Tal como o noivo explicou, o bolo foi decorado com todas as flores que ele ofereceu à noiva ao longo de 7 anos de namoro. Ela fez questão de as secar, guardar e decorar o bolo com elas. Na brincadeira disse que não queria daquele lado do bolo :) Depois houve mesa de doces, queijos, chás e fruta. Eu fui para a fruta e para o queijo.
Para quem ficou curioso se eu apanhei o buquê de flores da noiva, ele passou-me ao lado. Muito em parte porque a noiva decidiu lançá-lo quando eu tinha visto os camarões e as conquilhas quentinhas à minha espera e peguei logo num pratinho. Ela veio ter comigo e eu desatei a correr com o prato de camarão na mão. Ela lá me convenceu e eu lá fui com a Maria para o meio da gajada solteira. Eis que de repente, não mais que de repente, sai-me o músculo do pé esquerdo. Ora, o ramo foi lançado e eu estava amarrada ao meu rico pé a ver se a coisa ia ao sítio. Só eu!

Abriu-se a pista de dança, passo para cá, passo para lá, hora de ir embora mas a noiva não nos largou e a Mary decidiu que não saía dali sem assinar o livro dos noivos. Uma hora depois chega o livro até nós, não sem antes termos ido dançar com a noiva e ela ter começado a chorar. Se ela chora, eu também choro e montou-se ali um berreiro descomunal :) Ainda de lágrimas nos olhos, a Mary decidiu que eu é que tinha de escrever no livro porque tinha uma letra bonita. Se eu não soubesse que ela não tocou em álcool, estava capaz de jurar que ela estava bêbeda he he
Finalmente, às 5 da matina conseguimos arredar pé da Quinta, desejamos felicidades aos noivos, marcamos encontro para daqui a uns meses e no Domingo rumei ao Norte.

Aproveito para dizer que em Julho vou passar um fim de semana a Lisboa. Gostava de me reencontrar com algumas pessoas, conhecer novas, especialmente as que me ajudaram com o Matias. Caso alguém esteja interessado, por favor contacte-me por e-mail. Continuação de boa semana!

54 comentários:

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

BJokinhas muito grandes amiga,és um espectáculo rapariga um xii-coração do tamanho do mundo

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Que belo passeio :))

anabenfica disse...

Bonita descrição, nota-se mesmo que até curtes a noiva :)
Ela tem sorte por ter amigos assim!

Mas lamento informar-te que o casamento da década decorreu a 19 de Abril de 2008!

sweet disse...

Adorei a descrição da viagem...parecia que estava a ler um capítulo de algum livro da Danielle Steel ou da Nora Roberts... divinal...só faltou uma foto tua para cuscarmos a indumentária...lol

Lucie disse...

gostaste do Luso-Buçaco? eu fiz um passeio pedestre por la e adorei!vai visitar o blog...tenho la fotos para partilhar!aconselho a visitar!:)

Smas disse...

Gostei do modo como contas o casamento. No último fim de semana de Julho também estou em Lisboa. E talvez dia 3 de Agosto esteja em Braga!!!!
Bjs

Abóbora Amarelinha disse...

Ai meu Deus Ameixinha, o que eu me ri, tu não existes!
Eu não estava a ler...mas sim a visualizar tudo direitinho, quase que consegui ver a cor dos fios dentais que andavam ao léu, de tão explicadinho que estava tudo.
Felicidades aos noivos.
beijinhos

Paula disse...

continuas uma verdadeira contadora de estorias minha querida Ameixinha del cuore !
estou ansiando dar te um abracinho este Setembro ! viagem marcada , paga etc ...vamos em Setembro por duas semaninhas
este sabado vamos de novo ate terras de Cuba por uma semaninha , weeeeeeeeeeee , ficamos em Cayo Guillermo , para aproveitar a praia , weeeeeeeee
beijocas grandes com saudades e eh sempre uma verdadeira delicia te ler ! es um encanto de cachopa

Vânia Costa disse...

Cá estarei em Lisboa aguardando o teu regresso :D

Carina disse...

Bem... o que já me ri com este post...
És um máximo!!!!

Beijocas :)

Sandra G disse...

Que dia bem lindo e agitado!!O que me ri, com a descrição!!!Continua sempre assim!! :)

Estou contente por por vires a Lisboa!! Temos que nos encontar.

Bjs

Aqui na Cozinha disse...

Ameixinha

Quero te chamar para uma Blogagem Coletiva, a #SOSOPERNAMBUCO. Faça um post e divulgue, todas as informações aqui: http://goo.gl/fb/uUbzg
A situação está caótica e milhares de pessoas precisando de ajuda. Peça a seus leitores p divulgar, ajudar e doar.
Beijos
Patty Martins

ameixa seca disse...

Belinha, Gaspas, Carina, obrigada :)
Anabenfica, esse faz parte da década 2000-2009, este é de 2010-2019 :)
Sweet, por acaso são duas escritores que não fazem o meu estilo mas se ganhasse tanto como elas dava-me por contente :)
Lucie, do pouco que vi gostei. Foi só mesmo do que deu para ver dentro do comboio :)
Smas, não vou estar em Lisboa no fim, mas em Braga acho que dá para ir :)
Bóbora, o problema é que os fios eram tão finos que nem deu para ver a cor :)
Paula, a ver se é desta que pões os pés em terras lusas :) Espero que venhas cá para o Norte porque não me parece que este ano consiga ir a Lisboa outra vez :)
Vânia, espero que sim :)
Sandra G, espero que apareças :)
Patty, vou dar uma olhada :)

Manuela disse...

Ameixa,
achei o teu texto muito giro. Adorei a ideia de colocar as flores secas no bolo de noivos, tendo em conta, o significada delas.

Marly disse...

Ameixita,

Adorei o texto, pois me 'vi' lá no evento em meio aos presentes, rsrs. Também me diverti com as tuas tiradas espirituosas.
E que delícia de casamento, hem?

Beijinho e boa tarde.

Naninha disse...

Que belo lugar e deliciosas comidas.
Parabéns aos noivos!
Beijos amiga!

Ana Powell disse...

Um menu bem requintado.
O sitio é bem lindo, adorei a cauda do vestido da noiva.
Obrigada pelas fotos ♥

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Fiquei deslumbrada...

bjsssssssssssss

Elisabete disse...

O que eu me ri com o relato do casamento da tua amiga nem tu imaginas. Estou a imaginar a confusão com o outro casamento, o arroz pela tromba e as cuequinhas fio dental ahahahahahahahah.
Que bom que correu tudo bem e que gostás-te deste dia tão especial para a tua amiga.

maria disse...

Ameixinha

Obrigada pela partilha e pela boa disposição que nos proporciona e que tanta falta nos faz nos tempos de depressão colectiva que correm!

Um abraço carinhoso,

Maria Manuela

Alcina disse...

Um belo texto á maneira da Ameixinha e uma bela descrição do casamento.
Eu tenho familia em Viseu e zona e vou lá muitas vezes e posso dizer que os casamentos que já assisti até hoje os de lá foram os melhores em quantidade variedade e qualidade e da cidade posso dizer que das que conheço e coneço bastantes é das cidades mais bem cuidadas e evoluidas do país ainda que não tenha tanta publicidade como outras :-)

Saltapocinhas disse...

por essas bandas come-se muito bem e tem locais lindíssimos. Adoro passear por aí.
(O meu filho também se casou aí perto)

Magia na Cozinha disse...

Puxa quanta comida elegente! Parece tudo delicioso!
Um passeio assim é sempre agradável!
Bjs :)

Belinha disse...

eheheh afinal tiveste sorte com o tempo :D
aki em Viseu tb há cromos sim mas não é por isso k deixa de ser uma linda cidade!;) kdo tivers + tempinho livre aparece por cá k faço um tour avec toi com mt gosto!Ah e levo-te a papar uns "viriatos" boa? bjoca

cacahuete disse...

Foi um passeio e tanto... As fotos ficaram lindas, mas as que a mim me fizeram saltar os olhos foram as da comida, lol...

Beijinhos

ameixa seca disse...

Meninas, obrigada pelos comentários. Ver uma amiga casar é uma grande emoção. Especialmente quando se incentivou e se viu o começo do namoro :) Com muita pena minha não comi viriatos, nem antónios, nem joaquins :) Mas espero que não me escapem para a próxima he he

Isabel disse...

Ameixa, que bela festa! Há séculos que não vou a um casamento. Acho que já ninguém se casa por aqui, hehe
Quando vieres cá abaixo, diz qualquer coisa, pode ser que eu ainda não esteja de férias :)
Bjs

Salsa Verde disse...

Olá amiga,
A tua veia jornalística é o máximo e adoro sempre as tuas reportagens, sejam elas em jeito de rima ou de prosa, o resultado é sempre fantástico e cativa a atenção dos leitores.
Um casamento perfeito, o sonho de quase todas as mulheres e a esperança de que o dia a dia a dois, assim o seja também.
Amei a pizza de alcachofra e paio!
Beijinhos,
Lia.

gasparzinha disse...

Que grande casório!
Adorei os canitos que te esperavam À chegada. :)
Beijinhos

Vivian disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk, vc é uma comédia. Li tudinho e fiquei imaginando as cenas kkkk. Essa de entrar no casamento errado foi a melhor de todas kkk !!

bj

Aqui na Cozinha disse...

Que bom Ameixinha.
Obrigada pela participação e por repercutir a campanha.
É o que mais pedimos agora, que Deus olhe por todos.
Beijos
Patty

conceicao disse...

Tens um jeito nato para contar histórias. Deliciei-me a ler a tua "aventura"
Bjs

isabel disse...

Querida Ameixinha,
é uma delícia ler-te: nada aborrecidas, as tuas narrações cativam-me até ao fim e fazem-me sorrir! Foi com certeza um dia lindíssimo para os noivos mas também para os convidados que foram mimados carinhosamente! Um desfile de iguarias com muito bom aspecto!
Gosto muito das tuas "tiradas" assim como gostei da foto dos 4 amigos que te receberam ;)
Beijinho grande.

Abelha Maia disse...

Bela descrição, parecia que tb lá estava.
bjssss

ameixa seca disse...

Isabel, livra-te de ires de férias antes de eu chegar a Lisboa :)
Lia, muito obrigada. Fico feliz por apreciarem a minha maneira de escrever :)
Gasparzinha, ganhei logo o dia :)
Vivian, foi muito engraçado :)
Patty, em breve dou a indicação :)
Conceição, ajeito-me a contar, nem sempre corre bem :)
Isabel, eu diverti-me imenso :)
Abelha, obrigada :)

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Guria, nem me lembre de jogo... tô ansiosa desde já.... hahahahahahahaha

bjs miga

turbolenta disse...

Ora agora conta lá o resto da história:
com que sapatos andaste até ás 5 da manhã? não foi de saltos, certamente!
lol lol
(e será que nas bagageiras dos carros dos convidados não há sempre sapatos rasos á espera de pés cansados? é que a meio dos casamentos os pés de muitas das senhoras já andam sempre com outros sapatos)
Parece-me ter sido um grande casório. Agora venham os baptizados.
bom fim de semana

Inside me disse...

Pela descrição foi um belo casamento sim.

E a decada ainda vai no inicio :-)

familia antunes disse...

É sempre uma surpresa ler as tuas histórias...
Tens o dom especial de nos tele transportares para sítios nunca antes imaginados...
Por tudo isso e por nos proporcionares momentos divertidos um muito obrigado...
Que continues assim para sempre...
Beijinhos nossos...

Amehlia Digital ! ® disse...

"nem dizia chiu nem miu"...rsrs...
Eu amo suas histórias, seus contos e seus 'causos'...:]
Tudo tão detalhadin...aprecio demais!
E que casamento maravilhoso foi esse amiga?!
Quantos detalhes e carinho...deslumbrante...
brigadinha por compartilhar essa vida toda de amor...servida com um belo 'sim!'...
Um bejim e espero fotos do seu casório, viu?! =D

Amehlia Digital ! ® disse...

Ah!Amei...guache de legumes...bem verde amarela...vai lá Brasil!!;)

ameixa seca disse...

Anita, está quase :)
Turbolenta, tirei o tacão por volta das 2 da manhã. Pouco antes do lance do ramo de noiva. Óbvio que não me aguento muito tempo de tacãozinho :)
Inside me, foi para começar bem a década :)
Familia Antunes, fico lisongeada por apreciarem. Limito-me a narrar os acontecimentos :)
Vinni, faltou contar algumas coisas mas a postagem já ia longa. Se o meu casório acontecer algum dia, com certeza que será o casamento do século :) Pois é, o guache ficou bem brasileiro!

Cucchiaio pieno disse...

Oi querida
Amo viagens e casamentos!
Adorei as descrições e as fotos.
Um grande abraço
Léia

Babette disse...

Não sei se foi o casamento da década...mas foi certamente o relato da década!
brilhante!
babette

Helena disse...

Olha pensei que tinha sido o teu! Até vinha cá refilar por não teres dito nada ;)
As desculpas que tu arranjas para não apanhares o ramo........
Adorei os cães à tua espera na sombra!
Beijinhos e bom fim de semana!

Margarida disse...

Fartei-me de rir com as tuas descrições. O texto está mesmo bom! Ainda bem que te divertiste. Há casamentos que são verdadeiras secas.. : )
beijocas e bom fim-de-semana

Eu Mulher disse...

Bem que você falou, foi um casamento digno de uma princesa.
Fiquei babando por essas comidinhas maravilhosas.

Bjs

ameixa seca disse...

Léia, Babette, obrigada :)
Helena, achas que eu deixava passar em branco tamanho acontecimento se fosse eu a moçoila casadoura? Nunca na vida! Não foi desculpa nenhuma, juro que foi verdade ;)
Margarida, tens razão. Alguns de morrer de sono :)
Ana, a comida era super boa :)

Mundo do Sabor disse...

Viajei com a sua descrição,adorei tudo os detalhes, me encantei com o bolo decorado com a flores secas, que o noivo frescas a noiva durante o namoro.Muito romântico,lindooo!Sou uma romântica inveteraa e olhe que tenho 10 anos de casada e duas lindas filhas.
Estou seguindo.Parabéns Ameixinha!

ameixa seca disse...

Mundo do sabor, muito obrigada pela visita e pelo comentário :)

Priscila Beneducci disse...

Adorei a estoria dos noivos. Lindo demais.. Priscila

ameixa seca disse...

Priscila, obrigada :)

Cenourit@ disse...

Só tu!
Parti-me a rir!

Amei o relato completo, mas a "queda para o casamento" está demais... lol

Felicidades aos noivos!

ameixa seca disse...

Cenourita, o que vale é que a noiva estava bem disposta. Não era a mim que me faziam trepar uma árvore para tirar uma foto :)