terça-feira, 29 de setembro de 2009

Palmiers de Alecrim-Limão

Sou eu que estou parva ou já publiquei estes palmiers? Juro que tenho quase certeza que já os publiquei mas não os encontrava no blog, fui pesquisar e estavam guardados como rascunho. Fi-los em Agosto (onde isso já vai!) e lembro-me perfeitamente de os ter publicado, lembro-me até de alguns comentários que algumas blogueiras deixaram. Juro que me lembro, ou isso ou então sonhei e eu sonho muito! Enfim, se os publiquei a postagem desapareceu misteriosamente! Deixo-os aqui novamente porque eu sei que já os tinha publicado. Ai que estou a ficar louca e é uma sensação muito estranha!

A vossa passagem de ano foi boa? A minha foi mas o primeiro dia do ano começou muito mal. Vou deixar os pormenores para a próxima postagem, porque ainda vou hoje ao veterinário e depois, acho melhor passar pelo psicanalista para ver se os meus neurónios andam a bater assim tão mal :)


Nunca me deu para fazer palmiers/palmeiras em casa! Afinal, são tão boas as que são compradas e, fazendo em casa ficam mais caras que as de compra. Tem que se comprar a massa folhada, tem que se gastar açúcar e o gás também não anda nada barato.
No entanto, quando queremos algo diferente, algo que só de ver nos alicia e nos desperta a vontade de provar... temos mesmo que fazer!
E fiz, está feito e já estão as palmeiras todas comidas, porque ficou tão bom tão bom que até o Matias meteu o nariz onde não era chamado :)

São uns palmiers bem diferentes, que fui buscar aqui e o passo-a-passo podem ver aqui.
Espero que gostem desta sugestão, tanto quanto nós gostamos. Tenham em atenção o tempo de forno. A minha primeira fornada ficou uma espécie de carvão caramelizado he he
Assam muito, muito depressa e têm o senão de serem comidos mais depressa ainda.


Ingredientes:
1 pacote de massa folhada (se for da quadrada é melhor)
1 chávena de açúcar (usei menos)
Zest de um limão grande (usei limão e laranja)
1 colher (chá) de alecrim fresco

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 200º C. Corte finamente o alecrim e reserve. Numa superfície limpa misture o açúcar com o zest de limão. Espalhe metade desta mistura na superfície de trabalho (ou num tapete de silicone, papel vegetal, tabuleiro), e desembrulhe a massa folhada nela. Espalhe o resto do açúcar por cima da massa e depois o alecrim cortadinho. Enrole a massa das laterais para o centro. Pressione e envolva em película aderente ou papel vegetal. Leve ao frigorífico durante 1 hora para que ganhe forma.
Parta-a em fatias e coloque no forno por 10-15 minutos ou até estarem douradas.

Prevejo outras experiências com outros sabores :)

Digam lá: não tinham já visto estas fotos e lido esta postagem? Como a Carolina diz: estou a ter um Dejá vu :) Ai estou estou e quem me quiser ir visitar, eu depois dou as indicações do hospital psiquiátrico, ok? he he

Nota:
Zest não é igual a raspa, para "zestar" um limão ou laranja uso este utensílio.

81 comentários:

Cucchiaio pieno disse...

Amiga, que delicia e super facil de fazer. Adorei, vou fazer também.
Bjim com karim
Léia

Luísa Alexandra disse...

Podiam ser o meu lanche, não me importava nada!!!!!

Heloísa disse...

Ameixa,
Voltei da viagem e vim lhe agradecer os comentários que fez ao meu passeio.
Como sempre suas receitas continuam de dar água na boca.
Beijos.

Mary disse...

Tenho que experimentar as palmeiras, o aspecto é bem gostoso! Com um copinho de leite sabem às mil maravilhas!:)
Ha, podias ter mostrado os dois olhinhos pedintes desse lindo bichano...:)

Smas disse...

Olha que estes palmiers já marchavam :)
Bjs

gasparzinha disse...

Mas que coisa boooa!
Só te faltou a massa folhada caseira! :) :) :)

Beijinhos.

a Trofa tem cozinheira disse...

lol os bixanos sao ta lindos!!! ADORO!! esse gato amo gatos!!!

e os palmieres estao 5*!!! adorei tudo!!!

Raspas de Laranja disse...

É triste quando chegamos à conclusão, que fica mais barato comprar do que fazer em casa. Mas em casa sabe melhor, ou não é assim?
Quando era novinha, fazia eu a massa folhada, a minha mãe adorava. Fazia esses docinhos e também tartes de maça, e claro pasteis de carne. Agora é uma preguiça, e está tudo no super ao n/ dispor, por isso nunca mais fiz.
Gostei da mistura de alecrim e limão, mas para mim melhor era limão e canela. Eheheh!
Bjs

Abóbora Amarelinha disse...

he he, eu nunca mostrei os palmiers que faço, quando a minha visinha dos pasteis de nata me dá sobras de massa folhada.
São de todos os feitios, para a próxima mostro, mas com alecrim e limão, nunca fiz, só com açucar e canela.
e têm o mesmo problema que os teus, desaparecem enquanto o diabo esfrega um olho.

Pracinha do tempo disse...

estão mesmo com bom aspecto.

e eu que tenho um utensílio igual a esse de "zestar" e não fazia a mínima ideia que se chamava assim.

Beijocas

Marlene e João disse...

Adorei a sugestão... Nunca efectuamos nada parecido! ehehehehehhe
Devem ser mesmo bons, podem sair uns 3 para o meu lanche! heheheheheh
Beijinhos doces *.*

Luciana B. disse...

Eu amooo palmiers, também não gosto de fazer em casa porque fiz uma vez há anos e demorou umas 3 horas para fazer e devoraram em 3minutos!! Mas com massa folhada pornta deve ficar fácil ;-) Vou fazer. Beijos!

Sandra G disse...

Percebo bem o Matias!!!! É tão bom e essa variante, deve ser uma delicia.

Bjs

Tatiana disse...

Adorei a dica e adorei o Matias! Muito fofo!!!

A DONA DO MUNDO disse...

Fantásticos! Que gracinha que é o Matias! tadinho, parce mesmo tãooooo mal amado!! hehehe
Beijinhos

Noémia disse...

Esse gato é um sortudo,qual mal amado qual quê!
Uma dona que nem dorme a tratar dele, quando esteve doente, e agora tratado a palmiers de alecrim e zest...até para ser gato é preciso ter sorte!:)
Vou experimentar esta tua receita, têm mesmo bom aspecto!:)

Romy disse...

O Matias sabe o que é bom LOL

Abelha Maia disse...

Esse gato é lindo e um sortudo, alimentado a palmiers,eu tb prefiro fazer em casa, apesar de tudo, dá para combinar sabores excelentes como os teus.
bjssss

RUTE disse...

Eu mal consigo imaginar a loucura que é comer esses palmiers! Sou fã de alecrim fresco, e também de alecrim seco, enfim, alecrim aos molhos! Carradas! E com zest de limão/laranja ainda melhores ;-)

Que aperitivo espetacular!

Moira disse...

Canela,
Usando as tuas palavras: Tenho a certeza que gosto disso.
E o Matias também :)
Diferentes sem dúvida e com óptimos sabores. Também tenho que comprar um aparelhometro desses, que eu costumo fazer isso à faca.
Bjs
Moira

Inside me disse...

Palmieres...Palmieres... Adoro Palmieres.

E tu de braço estendido... eu bem que queria tirar um... mas tu sempre a fugires...

Miau... miau...tb quero um... :-P

beijo

Cláudia M. disse...

Estão com um aspecto excelente, realmente esses 2 sabores parecem combinar mto bem.
Só de pensar que trouxe montes de alecrim do Alentejo, só que deixei-o ficar na varanda, ficou seco que nem um carapau... até perdeu o cheiro!

O Matias está fofíssimo, de pescocito esticado... que sortudo!

bjs

»¤Þ䵣䤫 disse...

Nossa Ameixa! Que lindo que ficaram os seus palmiers! Nossa adorei a receita! Super simples e deliciosa! O seu gatinho que se deu bem hein! Hahaha... Bjinhos

Tânia Saj disse...

Que diferentes!!
Alecrim em doces eu nunca provei...
Se Matias comeu, é porque é bom...hehe
Bjs

ameixa seca disse...

Caros comentadores :)
Isto hoje vai tudo ao molho e fé em Deus he he
Obrigada pelos comentários. De facto, fiquei muito curiosa em relação à combinação alecrim-limão, achei que não ia gostar mas todos adoraram. Rendeu bastante, não sei é quantos porque ia fazendo e comendo :)
Usei alecrim fresco do meu canteiro e acho que com tomilho-limão também deve resultar muito bem. Quem ficou curioso, espero que faça pois não se vai arrepender :)
O Matias, apesar de tudo o que tem passado, é um gato bem atrevido, esperto e muito bem amado ;)
Abraços!

borboleta africana disse...

Os palmiers com o alecrim parece-me muito bem...mas o que eu gostei mesmo foi do olhito pedinchas do teu gatão...
bjocas

Sushibaby disse...

Até para ser gato é preciso ter sorte, esse é bem sortudo a comer essas coisas boas.
Beijinhos

Isabelocas disse...

Esta semana fiz um fornada simples, mas com alecrim só mesmo experimentando para ver se gosto.
Bjs

♥ mesa para 4 disse...

Ameixinha, adorei as tuas fotos muito interactivas hehe os palmiers estão perfeitos, parfaits ma chérie :*

Margarida disse...

Concordo contigo. Gosto muito de fazer palmiers em casa mas fica bem mais caro. Gosto de fazer com bastante canela e enquanto estão no forno pincelar com água e açúcar. Ficam crocantes... ; )
E adorei essa combinaão. Imaginei logo uns salgados com queijo, tomate seco e alecrim. yami!
beijinho

anna disse...

Andas muito habilidosa e até sofisticada... Tou curiosa como o Matias, não sei se experimente.
Beijinhos.

Marly disse...

Nunca comi um palmier aromatizado
assim! Deve ter ficado ultra perfumado com os zests citrinos mais o alecrim. Só de ver a receita já fiquei curiosa! O Matias está parecendo uma certa criatura, que mora por cá, quando sente no ar o aroma de chocolate (Deus nos acuda, já que cães não devem comer chocolate!).
beijinho!

Cristina disse...

Muitissimo originais, esses palmiers! Nunca tinha visto nenhuma variação aos ditos, com esta experiência certamente se abrem novos horizontes no que toca a este tipo de folhadinhos tão gulosos!!!

kombi disse...

da minha 1ª e única experiencia a fazer palmieres achei dificil, usei a masa folhada do LIDl e aquilo colava tudo ao enrrolar e acortar ainda pior a ficarem agarradas á faca enfim comeram se fiz aquela receita que leva açúcar e canela, mas não espero repetir.

Canela disse...

Olá rapariga dos olhos verdes!
Nunca postei e faço algumas vezes a pedido do André...
Gostei desses sabores,vao sair na proxima.Os de laranja e canela tambem gosto muito,mas os mais faceis mesmo são os carbonizados, é num piscar de olhos..
Beijinhos

Carol disse...

Palmiers diferentes e deliciosos. Gostei

Paula disse...

oies de olas e de hellos ,
uma receita espantastica como sempre oh minha sutuarte do norte
qto ah marmelada ? uns dias ao sol , aqui tem estado sem sol pois chove a cantaros , mas hoje mudei o papel manteiga / vegetal
e tiro sempre um bocadinho da humidade com 1 toalhita de papel
mas apesar de nao tar ao sol ta a ficar no ponto
mais uns dias e xarammmmmmmmmm
beijos minha flor

ameixa seca disse...

A quem ainda não experimentou e ficou curiosa, aconselho a experimentar. Não é nada difícil de fazer. Usei a massa folhada do Lidl e correu-me bem mas qualquer uma serve ;) De sofisticado não tem nada. É tão simples e fácil que se faz com uma perna ás costas :)
Obrigada a todas!

Fátima disse...

As vezes o que nós fazemos em casa fica realmente mais caro do que os industrializados, mas a qualidade ´com certeza é superior e outra coisa, o prazer de ver assando, e o cheirinho huuuuuuum, não se compra!

Leonor de Sousa Bastos disse...

Ameixinha,

Os teus palmiers devem ter ficado super aromáticos com o alecrim, a laranja e o limão!
E para sabores tão originais, só mesmo pondo as mãos na massa! :)
Como é que o Matias não haveria de querer um exclusivo?

Beijo!

Odete disse...

Esses biscoitos ja foram meus favoritos ha muito tempo atras...e nem incomodava a cintura...mas agora, no way...mas vendo os teus, deu uma vontade. O alecrim no palmier bem inusitado, mas deve ser bom ;>)

Cinha disse...

Aleluia que consigo comentar, tava dificil!!
Ameixinha, eu também fiquei com um olhar parecido com o do Matias!!!
Quem me dera comer um...acho que tenho de ir para a cozinha:))
Beijinhos grandes.

anabenfica disse...

Nunca fiz palmeiras em casa pelas razões que apresentaste!
Mas gostei bastante desta tua sugestão e se há coisa que adoro com alecrim é mesmo o limão

Vou guardar no livrinho de receitas a fazer :)

Já agora, e se nao for pedir muito, dá aí um beijinho ao Matias que ele está mesmo a pedir! Ele anda melhorzito??

argas disse...

Que originais! Devem ter ficado 5* bjinho

ameixa seca disse...

Meninas, pelo facto do alecrim ser inusitado é que eu fiquei com mais vontade de experimentar os palmiers :) Fica realmente muito bom!
O Matias está muito bem, não se nota? he he Continua a tomar comprimidos todos os dias mas ataques nunca mais os vimos :)
Obrigada a todas!

dannah5 disse...

Ai, que delicia, nossa adoro esse biscoito!!

Gatinho esperto, ja estava la tentando comer umzinho :D
Fico de cara, um monte de mulheres com blogs cheios de comidas maravilhosas e so eu sou gordinha? Sacanagem!!!!!!!! To ficando traumatizada!hehe

beijocas, ai, agora fiquei com vontade!

Lourdes Sabioni disse...

Ameixinha, fiz palmiers só uma vez, logo que me casei, lá se vão 27 anos...me deu tanto trabalho que não repeti mais...Agora tua receita com massa pronta me deu vontade de tornar a fazer. Bjs

Carla disse...

ui ka bom, obrigada pela visita

Abóbora Amarelinha disse...

Minha depravada, aquilo é lá conselhos que se dê a uma gaja casada?
Olha o meu " abre chicas" está ai para braga.

conceicao disse...

Já comia uns quantos!!
:)))
Bjs

Elisabete disse...

Que bom que resolves-te fazer pois ficaram magníficos, pelo menos o aspecto é muito guloso.
A água cresce na boa só de olhar e imaginar o sabor da mistura do limão e do alecrim.

edinha disse...

Já fiz várias vezes palmieres salgados mas doces nunca fiz.Devem ter ficado deliciosos até porque acho que o Matias tem bom gosto e se ele gostou é porque estavam mesmo bons :)
Beijinho

ameixa seca disse...

Com massa caseira já exige muito mais de qualquer pessoa e eu ainda não estou psicologicamente preparada para essa maratona :)
Isso não é para comer todos os dias, senão nem eu passaria nas portas ;)
Falta-me experimentar a versão salgada. Também deve ser uma delícia!

Thais disse...

Ameixinha, seu blog é delicioso!!! Sempre com coisinhas gostosas por aqui :)
Amei a receita! Isso é pra comer um atrás do outro! hehehe
Beijinhos!
Thais

Drika disse...

Nossa, o Matias deve ter adorado! :)

ameixa seca disse...

Thais e Drika, obrigada pela visita. O Matias adora tudo que não seja ração para gatos, eu é que não o deixo comer he he

Gina disse...

Estou chegando sempre atrasada, mas antes tarde do que nunca, certo?
Palmier está numa lista de desejos junto com ingredientes do tipo macadâmia, quinoa, mas não saiu do imaginário. Ainda faço um dia...
Acho que o problema agora é que preciso fazer dieta e massa folhada não combina muito com dieta.
Aqui está fazendo 7°, com sensação térmica de 4°. Agora me diz se dá vontade de fazer exercício e comer saladinha?
Bjs.

Donna Dani disse...

Para tudo!!! Também nunca pensei de fazer essa maravilha e você deu um toque todo especial a receita tradicional.
Matias tinha mesmo que meter a fuça e a patinha, você pos os palmiers na carinha dele! Nem ele resistiu! rsrsss
Bjks

Téia disse...

Ameiixnha, você está cada vez mais chique, que receita fina e elegante. ADOREI, parabéns. Bjka.

moranguita disse...

ameixinha olha que receita boa.
nunca me lembraria de alecrim nuns palmiers. ams devem ficar óptimos.
eu ja guardei para testar.
também nunca fiz em casa.
beijinhos

Su7i disse...

Ameixinha! Adoro palmiers e também já fiz em tempo idos, só que quando finalmente acabamos todas as fornadas e nos sentamos para provar esses fantásticos palmiers... já foram todos! E esse zester, onde é que isso se compra? Bjs Suzi

Sabores de Aromas disse...

Olá,Ameixa,
Que aspecto óptimo,tem esses palmiers,e estão aromatizados com o tomilho e limão que devem ser mesmo uma delicia.


bjs

ameixa seca disse...

Caríssimas comentadoras, neste tempinho que já está a esfriar, sabe bem ter o forno ligado e uns palmiers aromáticos lá dentro. As roupas escondem toda e qualquer gordurinha que insiste em aparecer he he
Comprei o meu zester na feira, mas acho que nos hipermercados também se encontra :)
Obrigada pelos comentários!

Alcina disse...

Amiga ainda bem que veio a explicação do zest, porque eu estava baralhadinha de todo hehe
Pois palmerinhas também nunca me deu na mona fazer, mas o marido antigamente era fanático por elas, tenho que apontar para não me esquecer ;-)

Carlinha disse...

É sem duvida uma bela opçao para fazer o palmiers...

Isabel disse...

Já ando há montes de tempo com vontade de fazer palmiers. Será que é desta? Quase me convenceste!
Ficaram muito apetitosos.
Olha o teu gatinho é como a minha safira, muito guloso!

ameixa seca disse...

Alcina, Carlinha e Isabel, Obrigada :)
Se a ideia for fazer palmiers normais, acho que não compensa muito fazer em casa. Mas se quiserem algo diferente, vale a pena ;)

Verdinha disse...

Olha emixa por acaso tb penso como tu, palmieres normais em casa nunca me deu para fazer, pois compram-se uns taooo bons no super hehe.

Mas assim já é outra historia! Sabor bem diferente aposto! Estou curiosa!

devaneios domésticos disse...

Tenho um pezinho de alecrim a crescer no meu vaso pedindo para ser usado, e acho que encontrei como!!!!!!
Lindos,
Fernanda

Doces Temperos disse...

Olá Ameixa!
Finalmente arranjei um pouquinho de tempo para voltar e para tentar seguir os vossos blogs e contactar com todos aqueles que me acompanham.
Já vi que continuas em grande e sempre com umas receitas originais como esta que aqui apresentas. Nunca me ocorreu este tipo de palmiers. Até breve,
Amélia
Docestemperos

ameixa seca disse...

Verdinha e Fernanda, toca a fazer, vale a pena :)
Amélia, bem vinda :) Continuo pequenina mas valho tanto quanto as outras he he

Paladares de Festa disse...

Adorei!!!
Estão fantásticos e os ingredientes são inovadores :D

Beijoquinhas
Sónia

Ana Powell disse...

Adorei a combinação de ingredientes.
Confesso que ainda não me aventurei a fazer palmiers.
Gostei imenso dos teus.
Feliz fm de semana x

ameixa seca disse...

Sónia e Ana, obrigada :)

Nani disse...

O Matias é um maroto que lindas ficaram as fotos já para não falar nas bolachinhas, ;)

ameixa seca disse...

Nani, nem me digas nada. Maroto e louco :)

moonlight disse...

Que bela sugestão! Por acaso faço de vez em quando uns palmieres simples, mais no Inverno, para acompanhar o chá, mas nunca usei ervas aromáticas, deve ser bom.
bjs

ameixa seca disse...

Moonlight, experimenta que não vais arrepender-te :)

Dani - Paladar disse...

Que boa idéia essa versão salgada. Nunca imaginei Palmiers sem açúcar. Gostei da dica. Mas assim deve valer fazer em casa, justamente por no mercado não existir.

ameixa seca disse...

Dani, se leres a receita, percebes que é tudo menos versão salgada. Açúcar é o que não falta!

Doces & Cia disse...

Feliz 2010!

Bjcs