domingo, 27 de julho de 2008

Bifes de perú em molho aveludado



Aqui em casa comemos muito perú. Tadinho do bicho que é discriminado por ser carne branca e fazer menos mal à saúde.

Como cansa fazer sempre da mesma maneira, resolvi consultar um dos livrinhos que o meu pai me ofereceu há alguns anos.

A receita pedia peitos de frango, mas resolvi-me por uns bifinhos de perú que estavam a olhar para mim fresquinhos. Mas na introdução da receita há uma breve explicação acerca da galinha ou frango que eu achei muito curiosa e que desconhecia. Fica aqui o texto:

"Em 1921-1922, uma expedição de arqueólogos encontrou, junto ao rio Ravi, na provínce paquistanesa do Penjabe, os restos de uma aldeia, invulgarmente desenvolvida, que deve ter tido a sua época áurea nos séculos IV-II a.C. Foram encontrados restos de balneários públicos e privados, um sistema de canalização perfeito e armazéns de cereais, entre os quais se contavam trigo, cevada e ervilha. Com a continuação dos estudos sobre essa civilização, concluiu-se que os seus habitantes possuíam elevados conhecimentos gastronómicos. Com efeito, foram os habitantes de Harappa, assim se chamava a aldeia, que domesticaram a primeira ave da floresta, a galinha-brava, agora criada em todo o Mundo."

in Cozinha Leve, 1993

Eu já estou a imaginar as galinhas a irem a banhos nos balneários públicos, acho que nos privados as galinhas seriam outras... Estas coisas interessam-me e eu transporto-me para essas épocas e fico a imaginar como é que os habitantes da aldeia domesticaram as galinhas e como as comiam. Teriam molhos aveludados ou espetavam-na na panela e já estava?

Para ser sincera gostei muito do nome requintado do molho aveludado. Parecia-me algo que devia ser experimentado em nome da civilização longínqua.

Ingredientes:

1 colher de chá de manteiga

3 bifes de perú (depende das pessoas)

2 colheres de sopa de vinho branco seco

1/8 de litro de caldo de carne (nem imaginam o filme para saber quanto era 1/8 de litro. A minha àrea não são os números nem as medidas. Eu e a minha mãe chegamos a acordo e usamos 4dl de caldo. Usei um quadrado de caldo em 4dl de àgua. Continuo a achar que os caldos deixam a comida demasiado salgada. Não estou habituado e vou começar a ignorar este pormenor)

1 colher de chá de farinha

sal,pimenta, noz moscada q.b

2 colheres de sopa de natas

Preparação:

Temperei o perú com sal e pimenta, pu-lo numa frigideira onde a manteiga já estava derretida, juntei o vinho e o caldo de carne e deixei cozer em lume brando tapado por 15 minutos.

Retirei o perú e mantive-o quente. Polvilhei a farinha e juntei ao caldo de cozer, deixei ferver. Rectifica-se o tempero de sal e pimenta e junta-se as natas. Deixa-se engrossar e rega-se o perú com o molho. Salpiquei com noz moscada moída na hora.

Acompanhei com macedónia de legumes, mas com arroz ou puré de batata também fica delicioso.

26 comentários:

Mundo de Alice disse...

Pois é
comemos peru no natal...
estes bifinhos com molho aveludado
estão lindos!!!
adorei a receita

edinha disse...

Os bifinhos estão com um aspecto óptimo.
Como achei piada à história do 1/8 de litro e como eu adoro números vou ensinar :)
1000ml:8=125ml=1,25dl
Descupa a brincadeira :)
Beijinho

ameixa seca disse...

Alice, aqui comemos muito peru. No Natal é mais cabrito :)
A receita original é com peito de frango.
Edinha, ainda bem que explicaste. Tá visto que somos bons a matemática cá em casa né? Eh eh... agora já sei. Muito obrigada pela brincadeira educativa :) Foi caldo a mais ;)

janeca disse...

Ameixinha de certeza que molhinho aveludado não havia...tb estou a ver as ditas numa panela,ou espetadas num tronco a assar numa fogueira,há..há..há....
Olha que os teus bifinhos de perú estão mesmo a pedir para serem comidos...estão com um aspecto divinais!!

Bjinhos

anna disse...

Estão uma beleza de bifinhos de perú... e o nome abre logo a vontade de os comer!
Beijinhos.

Silvia Arruda disse...

Hummm, fiquei imaginando esse molho aveludado... deve ser uma delícia! :)

Rosane Vargas disse...

Gostei muito do molho, dá para incrementar vários pratos.
bjs

Cristina disse...

Ameixa

Gostei da história de introdução, fazia lá ideia que tinha sido um povo paquistanês a domesticar a 1ª galinha!!! :) Sou como tu com os caldos, só em caso de emergência!!

Vina disse...

Huummmm! Eu adoro perú! Pela versatilidade, por ser uma carne tenrinha, por ser carne branca (eheheheh!)... e acompanhado de uma molhimho como esse! Ui, ui! Qu bem que me sabe!! Beijinhos e boa semaninha!

Cláudia M. disse...

Lá que o molho está com um aspecto bastante aveludado, lá isso está! Qto ao sabor, resta-me imaginar...
Bjs.

Mari Rezende disse...

Ameixinha, você me maltratou agora... Adorei o molho! Imagino que delícia que deve ter ficado com a carne tenra do peru... Uma pena ser meio difícil encontrar essa ave aqui no Brasil nessa época! Vou ter que fazer com frango mesmo...
Beijinhos!

Isabel disse...

Ameixa, tal como tu adoro perú. E esse está com um aspecto maravilhoso.
Bjs

cupido disse...

Imaginar as galinhas a ir a banhos? Sabes que há referências à existência de Perús em Tibães, já no século XVIII? Alías, os Mosteiros Beneditinos do Norte de Portugal estão ligados à expansão da cultura do milho desde o século XVI, quando o milho miúdo começou a ser substituído pelo milho vindo da América. História à parte, esses bifes estão com um aspecto muito apetecível.

PimientayChocolate disse...

Hola Ameixa, que rico este molho para las carnes y bien facil de hacer, estuve mirando las + 10, todos las fotos muy bonitas y ademas esta bueno para recordar viejos platos, algunos no los conocia.
un besote, daniela

ameixa seca disse...

Janeca, naquela altura o molhinho devia ser outro :)
Anna, é o nome do molho. Abre logo o apetite ;)
Silvia, é mesmo bom, maspara mim teria que ter menos sal. O caldo knorr é exagero.
Rosane, dá para usar em bastante pratos mesmo.
Cristina, eu também não sabia. É bom que expliquem, um bocadinho de cultura só fica bem ;)
Vina, achas que corremos o risco de sermos acusadas de racistas? eh eh
Claudia, acho que daí vem o nome... foi bem colocado :)
Mari, a receita original pede o peito de peru inteiro mesmo... sem cortar em filetes ;)
Isabel, é uma carne saudável e muito versátil. Podemos fazer de tudo com ela :) O meu Boris tá atrasado mas vai sair. E o teu Dom já saiu mais um bocadito? Tenho que ir espreitar :)
Cupido, dos perús não sabia. Mas não é de admirar. Esta gente do norte é um espectáculo eh eh
Daniela, é um molho fácil mesmo. Obrigada pelo comentário ;)

pipoka disse...

Eu também prefiro comer carne de aves e esta receita parece-me uma delícia.

bjs

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

Ameixa cá em casa também se come mais carne branca.Filha estes bifinhos estão demais.Beijinhos carinhosos

Vitor disse...

Adorei a sua cozinha!!!As receitas são fantáticas...claro que eu não sabia nada dessa história.Um abraço Vitor:-))

Luciana Macêdo disse...

Vou experimentar este molho deliciosos com bifes de frango. Gosto de variar.
Bjs!

vague disse...

Ameixa, o novo Batman está ali, num blog perto de si, e é uma tentação morena :o)

Natércia disse...

Ameixinha desculpa lá inda não te ter dito que os teus bifinho estão maravilhosos um bjo Natércia...

Marcos disse...

Ameixa os teus bifes estão de comer e chorar por mais...um beijo Marcos:*))

Nani disse...

Desculpa Aeixinha por só aparecer agora mas é que apanhei um vírus dificil de tirar no computador onde tenho os meus trabalhos do blog, já tá tudo ok, adorei esses teus bifinhos, costumo fazer uns parecidos, bjs

ameixa seca disse...

Pipoka, já somos duas :)
Isabel, temos que olhar pela nossa saúde ;)
Vitor, bem vindo e obrigada pelo comentário :)
Luciana, é um molhinho próprio para os galináceos ;)
Vague, eu já vi mas não fiquei tão tentada assim ;)
Natércia, não tens que pedir desculpa. Obrigada :)
Marcos, obrigada :)
Nani, já tinha lido que estavam com vírus no computador. Ainda bem que está resolvido. Obrigada :)

Migas disse...

Ia entrar para dar a pitada sobre o 1/8l mas afinal a Edinha já o fez! Mesmo com o caldo a mais, ficou com muito bom aspecto! :o)

ameixa seca disse...

Migas, nunca é demais relembrar a quem não entende do assunto :) Mas eu quero aprender para não cometer erros. Acho que mesmo com mais caldo ficou no ponto, 1,25 ia dar pouquissimo molho :)