sexta-feira, 9 de maio de 2008

Bolos de laranja dizigóticos

Ora cá está a receita e as fotos dos bolinhos. O de buraco foi o que fiz na forma de pudim e que toda a gente gostou. Acabou por ficar muito bom com a massa mais húmida. O outro foi o que a minha prima levou para vender no infantário. Não sei como ficou, mas não deve ter ficado muito mal senão já saberia.

Os dois da mesma massa em forma diferente...

Não sei se dá para ver, mas a consistência ficou meio húmida... muito bom!

Cobertura de laranja

Ingredientes:

125g de manteiga (usei óleo de soja)

1 chávena de açúcar

2 ovos (usei 4)

3/4 chávena de sumo de laranja

2 chávenas de farinha

1 colher de fermento em pó

Cobertura:

3 colheres de sopa de açúcar (usei açúcar em pó)

4 colheres de chá de raspa de laranja

Preparação:

Coloque a manteiga e o açúcar numa caçarola e aqueça até a manteiga derreter (como usei óleo não fiz isto). Bata os ovos com o sumo de laranja. Deite na caçarola com a farinha e fermento peneirados (eu pus tudo na mesma bacia onde já estava o açúcar e o óleo). Misture com uma colher de pau até estarem ligados (usei batedeira). Deite a massa numa forma untada e leve ao forno até estar cozido. Deixe na forma dez minutos antes de desenformar para uma rede, para arrefecer. Para a cobertura, misture o açúcar e a raspa de laranja (eu fiz isto logo no início para o açúcar ir envolvendo na raspa) e espalhe por cima do bolo.

Receita retirada da edição especial da Caras "Boa Mesa, Doces Sabores"

15 comentários:

anna disse...

Eu cá gosto! Bem que marchava uma fatia, já agora dos 2, para poder comparar... lol!
Beijos.

Axly disse...

Olá Ameixa
Que bom que no fim tudo deu certo^^
E teu bolo ficou mesmo lindo, com jeito molhadinho!
Ainda tem um pedacinho ai???
Kisss^^

Nani disse...

Achei o aspecto dos bolos delicioso, bom fim de semana ;)

Nana disse...

Ameixa querida!
Que bolo mais lindo.
Claro que ficou ótimo menina, vai ter mais pedidos para novas encomendas do seu bolo.
Bjsss

Nana disse...

Ameixa, vai lá no meu blog que deixei recadinho, mas não apaga não viu.
Eu que não soube explicar direito hehehe
bjs

Espaço do João disse...

Bela cozinheira.
Parece-me que tenho sósia em casa. No entamto evito a todo o custo comer bolos e seus derivados.
Respondendo à tua pergunta:- Os animais representados nas minhas postagens não são meus mas, fazem parte do meu perfil. Natureza e Afins. Adoro a natureza em todo o seu esplendor. Desde a mais insignificante planta á mais ínfima espécie animal. Que mais belo pode existir na natureza? Bom fim de semana e um beijo.

cupido disse...

Gostei bastante do aspecto desses "dizigóticos" (já agora, porquê esse nome?).

claudia disse...

Têm uma cor linda!!

ameixa seca disse...

Anna, eu também gostava de ter comparado mas um deles não pude provar.
Axly, ficou tão bom que não tem pedacinho para mais ninguém...
Nani, obrigada. Bom fim de semana :-)
Nana, obrigada pela explicação. Isto de não saber é assim... tem que se perguntar. Já aprendi uma coisa nova hoje :)
João, ainda bem que és assim. A natureza merece o nosso respeito e admiração :-)
Cupido, o facto de lhes ter chamado dizigóticos tem uma explicação muito simples. Os gémeos ditos verdadeiros são monozigóticos. Partilham o mesmo óvulo. Os dizigóticos são formados em óvulos diferentes. Logo eu chamar dizigóticos aos bolos, pois são feitos da mesma massa mas formaram-se e cresceram em formas diferentes. Enfim, uma invenção minha ;-)
Claúdia, o bolo ficou bem amarelinho mas não foi dos ovos, foi mesmo da laranja :)

Natércia disse...

Minha linda o estás a ver o teu bolo está lindo e bom adorei um beijo. Natércia...Passa lá no meu tacho está lá um mimo para ti.

ameixa seca disse...

Natércia, o bolo estava porreiro -hoje estou com palavreado à Primeiro Ministro :)- já se comeu tudo. Já vi o teu mimo e amanhã dou continuidade. Obrigada querida :-) Bom Domingo

cupido disse...

Percebi a explicação. É bem engraçada esta transposição.

ameixa seca disse...

:)
Pelo menos para alguma coisa servem as matérias que estudamos. Já que não há emprego... são empregues na boa disposição :-)

Migas disse...

Eu sou do clube da Anna! Comia uma fatia de cada para poder comparar! A cor dos bolinhos está apetitosa! :o)

Beijos

P.S. Andava à dias a entrar aqui e o blog parava o meu pc... eheheh Hoje finalmente consegui! As sementes de papoila trouxe-as de Portugal. Comprei na loja Celeiro. Deves ter aí em Braga, suponho. Lá consegues comprar diversos ingredientes mais fora do comum como as sementes de papoila ou a farinha de alfarroba, com a qual já postei um bolinho.

ameixa seca disse...

Fui hoje a uma loja de dietética e não tinham sementes de papoila... só por encomenda e só na próxima semana. Parece que vivo no fim do mundo :-)