sábado, 17 de maio de 2008

Massa de búzios com berinjela e afins



Este meu post tem coisas boas e coisas más.

A primeira coisa é que me sinto bastante doente e ontem fui fazer uma visita ao hospital. Contra as minhas expectativas fui muito bem atendida, tanto nas urgências como no bloco de especialidade. Mas continuo a sentir-me muito mal, apesar de estar medicada. Sinto-me pior a cada minuto que passa.

Outra coisa é que fiquei surpreendida quando o médico espanhol que me atendeu, perguntou se eu era psicóloga. Ao princípio não entendi. Pensei que se era médico também parecia bruxo. Eu não disse a ninguém no hospital qual era a minha "profissão". Quanto muito diria que sou desempregada, como sempre disse. Mas ao tirar a consulta deram-me um papel com toda a minha informação, inclusivé a profissão (que não tenho :-p). Realmente não entendi e a única explicação que tenho é que essa informação deve constar de alguma base de dados do maravilhoso programa simplex, porque o meu cartão do centro de saúde não diz a minha profissão. Adiante, fiquei a saber que, segundo o Doutor que me observou nas urgências, não havia psicólogo no hospital e não lhes faltavam loucos ali dentro :-) Foi uma consulta divertida, como eu tento sempre que seja, mesmo que estivesse torcida de dores. Lá fui enviada para o bloco de ginecologia/obstetrícia. Lá estavam dois médicos e uma assistente muito bem dispostos, (pudera, é mulheres nuas todo o dia), observaram-me e chegaram à conclusão que "deve" ser uma infecção urinária, já que o meu sistema reprodutor está porreiro. Não tenho sintomas de infecção urinária, apenas uma dor forte no baixo ventre que me dilacera. Nada mais! Mas disseram que se não melhorasse era melhor lá voltar. Estou à espera que o antibiótico faça efeito e tenho um medo incrível de me mexer (??). Tenho sensação que é provável que seja uma pedra na bexiga - sim, porque eu sou mesmo um calhau :) - e isto ainda me vá dar muito trabalho. Logo se vê.


E pronto, esta semana não foi muito agradável, mas poderia ser bem pior. Para hoje, uma massa de búzios integral com berinjela (não sei como se escreve correctamente, no dicionário é com "g", mas já li que o correcto é com "j") e afins, que fiz para mim e o meu irmão mais novo. Ele que a meio da noite veio ao meu quarto para saber como eu estava. Às vezes é muito querido e sensível :-)

No final todos comeram um bocadinho e o meu pai perguntou porque não fiz para todos :)

Levei duas horas a fazer esta receita porque tenho andado a passo de caracol, a dor não me permite aumentar a velocidade. Mas é muito rápida. Entretanto, a meio fui ver o meu pato Luísinho que já não via há quase dois dias. Está enorme e já tem muitas penas. A pinta preta no alto da pinha permanece. Um dia destes mostro-o mais crescido :).

Enfim, o post já vai longo e eu vou tomar o meu cházinho.

Ahhh... queria também agradecer à Kini pelo prémio da amizade. Obrigadíssima!


Ingredientes da Massa com berinjela e afins, para duas pessoas:

100g Massa de búzios integral (ou sem ser integral)

1 beringela grandinha

meio pimento

2 tomates (usei tomate em rama)

100 g de cogumelos laminados ou frescos

paio cortado em cubinhos (o meu paio não é picante)
alho e cebola q.b

uma malagueta seca (pequenina)

polpa de tomate q.b

sal q.b

vinho branco q.b

queijo q.b

oregãos q.b



Preparação:



Primeiro cortei a berinjela aos quadradinhos e deixei repousar com sal. Coloquei a massa a cozer coom sal e um fio de azeite. Entretanto, refoguei a cebola e o alho em pouco azeite e depois juntei a berinjela (escorrida), o paio, tomate cortado em cubos, os cogumelos, pimento e a malagueta. Deixei refogar bem até a beringela ficar mole, juntei um pouco de polpa de tomate e o vinho. Deixei refogar mais um pouco e retirei do lume.


Num refractário coloquei a massa escorrida na base e, por cima, o refogado de berinjela. Cobri com o queijo e os oregãos. Levei ao forno a gratinar. Foi só sevir e comer. Bem bom que estava... gosto do toque do vinho e o problema é que não consegui retirar a malagueta, mas pelos vistos alguém a comeu sem dar por isso.

14 comentários:

mesa para 4 disse...

Querida Ameixa... as melhoras rápidas.

Brigadeiros a saber a água da torneira nunca provei mas que achei divertido o comentári achei...

Uns beijinhos do Sul de rápidas melhoras

Martuxa disse...

Deliciosa a tua receita :)

As melhoras rápidas!

Beijinhos e bom fim de semana

Nani disse...

Querida ameixinha rápidas melhoras, logo vi que algo se passava pois que tu és muito assídua nas visitinhas, que tudo corra pelo melhor, mas sabes se tás a tomar antibiótico já devias ter melhoras pelo menos ao fim de 48 horas suponho, bem e tão doentinha ainda foste cozinhar? Eta grande MULHER, gostei da receita, bom fim de semana dentro do possível bjs, ;)

Migas disse...

Ameixinha, espero que melhores rapidamente! Essas dores não são fáceis, não senhora! Muita água, please! :o)

Quanto à massinha, fiquei de olho nela. Acho que mesmo fazendo versão vegetariana, ela vai ficar "super"! É que por cá, tenho uma dificuldade tremenda em comprar enchidos de qualidade e a preço de amigo, também!

Beijinhos e descanso!

ameixa seca disse...

Mafalda, é verdade :-) A sensação era de estar a comer algo feito com àgua da torneira. Nada agradável. Acho melhor experimentar fazer e logo se vê se o sabor é diferente. Um grande agradecimento do Norte :-p
Martuxa, obrigada. Bom fim de semana também para ti.
Nani, pois é. Eu tento ser assídua, mas isto andou complicado mesmo. Já está a melhorar :) Amanhã é que faz as 48 horas. Só ontem começei o antibiótico. Logo se vê :-)
Migas, Obrigada. Já viste agora eu a viajar 6 horas sem "casinha" por perto? Estava desgraçada da minha vida :-)
Eu ia fazer a massinha versão veggie mas a minha mãe lembrou-me de um paio que já estava cortadinho e congelado. Senão ia juntar milho. Um dia destes atrevo-em a juntar pedacinhos de ananás numa versão agridoce. Que dizes?
:-p
Grande abraço

anna disse...

Ameixinha, uma infecção urinária é das piores coisas que podemos ter...
Gostei muito desta massinha e acho que juntares ananás é uma ideia brilhante,
Beijinhos e melhoras.

Natércia disse...

Minha Ameixinha o que quero é que já estejas melhor adorei a receita já sabes eu sou de boa boca tu queres matar-me a rir para mim tu és uma das pessoas mais incriveis que eu já conheci aqui neste mundo virtual com muita pena minha que não te conheça pessoalmente um bjo. Natércia...

ameixa seca disse...

Anna, eu fiquei a saber que realmente não é pêra doce. Mas já estou bem melhor. Benditos antibióticos :-)
Natércia, a única coisa que posso dizer é que fico feliz e o meu sentimento é recíproco pela tua excelentíssima pessoa :-)
Grande beijo!
Bom fim de semana a todas

BetiCris disse...

Ameixa, só agora é que soube que andas doentinha. Desejo tudo de bom para ti, acredito que vais melhorar rapidamente. Com muita água e alguns antibioticos tudo se resolverá.
Fiquei muito surpreendida por teres tido vontade e conseguido fazer esta comidinha, no estado em que te encontras.
Parabéns e as melhoras.


beijinhos

ameixa seca disse...

BetiCris, já estou melhor. As "drogas" são milagrosas :-)
A minha vontade de cozinhar não pára. Levei cerca de duas horas a fazer porque parava a meio... mas deu certo.
Bom resto de Domingo e Obrigada :-)

Marcia disse...

A receita é ótima! Fique bem logo. Bj

ameixa seca disse...

Marcia, Obrigada. Já estou bem melhor. Boa semana

Cláudia disse...

Adorei este prato, o sabor deve ser incrível. Vejo que estás melhor. Esperos que se recupere completamente.

bjs

ameixa seca disse...

Claúdia, obrigada :) Já estou quase recuperada. A berinjela transformou-se numa paixão e, sendo possível juntar quase tudo que é ingrediente, eu estou numa de experimentar. Não me tenho saído nada mal :-)