sábado, 11 de abril de 2009

Concentração de gajas boas na Invicta!

"Vinho do Porto vou servi-lo neste cálice
Alicerce da amizade em Portugal
É o conforto de um amor tomado aos tragos
Que trazemos por vontade em Portugal

Se nós quisermos entornar a pequenez
Se nós soubermos ser amigos desta vez
Não há champanhe que nos ganhe
Nem ninguém que nos apanhe
Porque o vinho é português"

Vinho do Porto, Carlos Paião

O vinho era português e nós também :) A Ana e o Gilbamar encontraram-se connosco (Mónica, Mary, , Conceição e eu) em frente a São Bento, para uma tarde muito bem passada. Depois juntaram-se a nós a Noémia e a Nani. Fica o relato em tentativa rimada, sem olhar a métrica e pontuações que eu não sou poeta :) Espero que gostem!
As fotos ficam como recordação, a Ana já publicou algumas no blog dela. Quem lá quiser ir ver e tentar adivinhar, está à vontade ;) Eu fico com as recordações da tarde de 8 de Abril de 2009! Obrigada a todas pela simpatia e carinho! Até à próxima ;)



Por volta do meio dia
da tarde de quarta feira
Saí para brindar a alegria
Com pessoal à maneira

Ali na estação de São Bento
O pessoal começou a chegar
Não houve chuva nem vento
Fomos todas almoçar

Ao sol numa esplanada
Entre sorrisos e folhados
Chegam o Gilbamar e a Ana
Com sacos abarrotados

Beijinhos pra ti e pra mim
Contem lá o que acham de Portugal
Eramos tantas, enfim
Queríamos saber o que foi bem e mal

Vindos directamente do Brasil
Polpa de Cupuaçu e fécula de mandioca
A curiosidade estava a mil
E ainda bombons garoto para adoçar a boca

Já que vieram à cidade
Levam uma garrafa do seu Vinho
Em honra da amizade
Que nos reuniu tão pertinho

A Conceição e a Mónica
Tiveram que se despedir
Foi muito bom, até à próxima
Em breve voltamos a reunir

Palavra puxa palavra
Chegamos a enguias e lampreia
Ali ao lado estava sentada
Uma senhora cozinheira

Logo tratou de explicar
Como se fazia e cozinhava
A Zé pediu para perguntar
O blog que ela administrava

A senhora atrapalhada
Disse: "Moro muito longe, menina!"
Deixamos a senhora sossegada
E lá fomos à nossa sina

Directas à Lello centenária
Para ver a escadaria
entre livros de culinária
lá fomos em romaria

A Noémia logo se juntou ali
Ao grupo já formado
Fomos até ao Guarani
Dar uma de queques do Chiado

Recebemos explicação acerca do que fazer
Com o Cupuaçu e a fécula mandioca
Um para beber, outro de comer
Como seria de esperar foi uma risota!

Do Bolhão ao Majestic
Foi um pequeno saltinho
Diz que o café é chique
Pra tomar um cafézinho

A Nani acabou de chegar
Mais uns beijinhos e conversa
Seguimos para lanchar
Já que o almoço foi à pressa

Antes uma passagem pelo W.C.
Depois virei neurótica
Vá-se lá saber porquê!*

Lá vieram as despedidas
Já estava o encontro a terminar
A Nani foi com o filho e filhas
E a Zé seguiu para a Maia a resmungar.

A Noémia pegou nos outros
Mary, Ameixa, Ana e Gilbamar
E lá seguimos afoitos
A Foz visitar

Lá estavam as gaivotas
À medida que o sol poisava
Entre ruas direitas e tortas
O convívio acabava

De pé no acelarador
Chegamos a São Bento
Mexemos no motor
Para chegar a tempo

E assim termina um dia
Dos mais bem passados
Que venha outra romaria
Estão todos convocados :)


Bombons garoto, polpa de Cupuaçu, fécula de mandioca e castanhas-do-pará

Aproveito para responder a uns desafios que deixei atrasados mas não esquecidos. A Ana e a Catarina gostavam que eu revelasse 8 características da minha personalidade e isso não é nada fácil. À medida que vou escrevendo no blog vou revelando um bocadinho de mim, mas se querem que seja eu a dizer, aqui vai algo mais acerca de mim:

1- Pontual

2- Extrovertida

3- Ansiosa

4- Frontal

5- Caseira

6- Fiel

7- Teimosa

8- Realista

A Vivie também me desafiou a escrever 6 factos/banalidades/assuntos sobre mim mesma. Depois dos 8 factos acima mencionados, vou apenas dizer algumas banalidades/assuntos e não vou ser rígida no número:

Gosto de brincos e de meias; não visto nada que seja cor de laranja ou cores fluorescentes; não gosto de me ver com o cabelo comprido, a não ser que esteja preso; ando quase sempre vestida de preto, é a cor predominante; não saio de casa sem pintar os olhos; adormeço sempre na posição fetal; não me deito sem tomar banho, passar creme na cara e nas mãos; odeio andar de guarda-chuva, por isso tenho um daqueles minusculos que andam comigo para todo o lado; perdoo mas não esqueço nunca :)

Já chega de falar de mim!

O Gintoino passou-me um selinho muito lindo com uma borboleta. Obrigada pela gentileza :)


* Depois de sair do W.C. não consegui encontrar os meus óculos de sol em lado nenhum. Bolsa de gaja é assim! A Zé seguiu comigo numa correria para ver se os tinha deixado na casa de banho! Afinal estavam na bolsa, esconderam-se de mim. Que seria do encontro sem uma dose de aventura? Só mesmo eu!

51 comentários:

Noah disse...

Por puro ciúme, e porque não tem outro jeito, vou comentar sobre o Luisinho, que ainda não te disse que é "encantador".
Deixa o inverno chegar e quem sabe te mostro alguma vinícola gaúcha.

Mary disse...

Bem, Ameixinha, temos poetisa (e dizes tu que não...)!
Adorei cada momento que tão bem descreves...e de facto acho que é este o ritmo certo, vivemos cada segundo assim, de forma tão embalada...
E que concentração!
As gajas cada uma melhor que a outra, sempre cobiçadas pelos olhares indiscretos dos transeuntes e a fugor às objectivas perseguidoras, qual estrelas de cinema!!! hehehe
Hollywood é pouco para nós! Nada como a baixa da Invicta, carago!
Então tu gostas de cores escuras e levaste uma saia às flores amarelas com uma camosola cor-de-rosa?! Estou estupfacta! hihihi:)

Marly disse...

Ameixinha,
Mas não é que descubro agora mais uma habilidade tua? Ficou muito interessante o encontro "contado" em versos! Esse encontro, aliás, me parece que vaí entrar para a estória dos que se reuniram!

Bergamo disse...

Ameixa,
E como foi o almoço de Páscoa aí em Portugal?
Bj,
Bergamo

Manuela © disse...

Oh moça, tens jeito para as rimas!

Bem, estou a ficar invejosa... Quero uma recepção assim quando for ao Porto :P

Beijinhos

Flor de Sal disse...

Prá próxima a Flor de Sal também quer ir! Beijinhos

Alessander Guerra disse...

Já vi que o encontro foi um sucesso! Como é bom quando dá certo conhecer os amigos virtuais.

bjs
Alessander
www.cuecasnacozinha.com

Noémia disse...

Óh mulher, e ainda dizes tu que não é poeta?
Esse encontro já está imortalizado por estes versos, não no Olimpo, mas melhor, na blogosfera!
Gostei imenso de saber a parte do encontro em que eu não estive.A outra, que vivi está fiel.
Agora, quem não esteve lá, que se roa de inveja! hihihih!:)

EU MULHER disse...

Amiga, lendo seus versos voltei a tarde do dia 08/04/2009, inesquecível, emocionante, o que eu disser é pouco para descrever esse encontro único e histórico.

Mil beijos para você

Já estou emocionada novamente.:(

Gilbamar disse...

Eu e Ana vivemos, com vocês de Portugal, momentos de alegria inesquecíveis nesse encontro internacional de blogueiras(vocês) e um curinga(eu, por estar, muito feliz, ao lado de minha amada, que da reunião participou). Penso ter sido o evento o primeiro desse nível, acreditando que não haverá outro igual em diversão, simpatia e amizade. Vocês de Portugal são pessoas maravilhosas. Voltamos para o Brasil com a sensação de termos deixado em Lisboa e Porto familiares queridos que qualquer outro dia desses, se Deus quiser, tornaremos a ver.

Seus versos cantam bem os momentos.

Abraços meus e de Ana a todas que estiveram presentes a esse encontro maravilhoso de blogueiras do Brasil e de Portugal.

Donna Dani disse...

Oi Ameixinha que saudade!
Estou muito cansada e pesada, Pietro chegará daqui uns 20 dias e já está pertinho!
Organizei tudo para a chegada dele e agora é só aguardar.
As receitas foram se acumulando e só hoje tive um tempinho para a Casa de Farinha.
E você está com a corda toda, cada receita mais deliciosa que outra!!!
Foi festival de pães?? Rsss
Beijão

Cenourita disse...

Ameixinha
Tu não páras de surpreender aqui a malta hein???
Mais uma arte tua... a poesia... está linda e pois tá claro que para o próximo encontro... EU VOU!

Beijocas***

ameixa seca disse...

Noah, essa foi boa! O jeito é vir até Portugal para deixar os ciúmes de lado :)
Mary, Hollywood? Eles bem queriam mas tem que pagar muito bem pago :) Até parecemos o elenco do Beverly Hills (sem os gajos) he he
Marly, merecia um relato especial :)
Bergamo, aqui não comemos bacalhau no Domingo de Páscoa. Normalmente é cabrito ou borrego assado, mas este ano almoçei em casa de familiares que não gostam dessas carnes. Comemos lombo de porco assado com batatinhas novas :) Não tirei fotos pois esqueci-me de levar a máquina!
Manuela, é só dizeres e combina-se tudo :)
Flor de Sal, bora lá :)
Alessander, foi extraordinário, muito divertido! Inesquecível :)
Noémia, qualquer dia dão o meu nome a uma rua he he Quem não foi, só pode imaginar porque, só nós é que sabemos de tudo :)
Ana, como a Noémia disse, o encontro está imortalizado nas nossas memórias. Oxalá se repita em breve :)
Gilbamar, prazer ver-te por aqui ;) Sem dúvida que foi um encontro maravilhoso e fizeram amigas portuguesas! Espero ver-vos em breve :)
Donna Dani, que emoção que deve ser esperar poucos dias para o nascimento :) Nós que acompanhamos a gravidez também sentimos essa alegria de receber o teu filhote :)
Cenourita, eu até compreendi que não fosses ao encontro. É Páscoa e tal e as cenouras devem acompanhar senpre o senhor Coelho :) Para a próxima já sabes, vai ser tipo Rock in Rio Lisboa: EU VOU! Quem sabe não apareço eu ás "lisbones" em breve?! A poesia só foi possível porque não bebi do teu fantabulástico licor... senão ressonava o fim de semana todo he he

Mamão com açucar disse...

Não é poeta não!!!! Como qualificas estes versos então!!!!
Parabéns pelo encontro e pelo encanto.
Adorei,
Tenha uma ótima semana,
Fernanda
http://mamaocomacucar.sampasite.com

Mamã Catarina disse...

Olha que, não sendo poeta, tens muito jeitinho para a "coisa"! E o que tu me fizeste rir! Por momentos parece que também eu lá estive, porque a descrição está perfeita e muito detalhada :)

Mas confesso-te que estava curiosa para ver as fotografias e poder dar uma cara a nomes que já tão bem vamos conhecendo aqui na blogosfera! Já espreitei o cantinho da Ana e não se vê muito bem, além de que não sei quem é quem! Mas é uma decisão tua/vossa e eu claro que respeito :)

Beijinhos e boa semana!!

Rosangela Neri disse...

Inspiração total...

O maior bem que podemos fazer a alguém não é comunicar-lhe a nossa riqueza, mas revelar-lhe a sua...

....:....:....:....:....:....:....:
Beijinhos da Rô

argas disse...

Que belas rimas! Tens jeito :) Deve ter sido um belo encontro! bj

Cinha disse...

Bem, grande poeta!!!! Para a próxima tenho de ir!!!
Bjs.

RUTE disse...

Rimou e bateu certo! Agora só falta a músiquinha para acompanhar os versos tão bem ritmados.

Pena tenho eu, de não ter participado nessas andanças! Pá próxima tenho de me informar convenientemente. Com um esforçozinho tinha estádo aí com vocês.

Imagino a emoção. Estou roída de inbeja, carago!

Isabel disse...

Oh, fiquei com vontade de fazer mais encontros de blogueiras, e fiquei com muita inveja de vocês!!!
Esse dia vai ficar para sempre na memória, não é? No próximo quero estar presente Ameixa!
Bjs

Canela disse...

Temos poeta!
Esse encontro deve ter sido do melhor......

Priscila L. Beneducci Afonso disse...

Que gostoso ler suas coisas. Talento extra, que linda! Beijao da Pri (MG)

Abóbora Amarelinha disse...

É pá, tenho que me apressar a pedir-te um autógrafo!
Porque, quando começares a públicar livros, ui!ui!
Não penses que vou ficar na fila de uma qualquer fnac...isso é que era bom!
Ai o que eu gostava de ter visto!!!
e fotos? ó pá põe lá! vá lá! só umazinha!
jinhos

edinha disse...

Bom estou a ver que o encontro foi um sucesso e que despertou a veia poética :)
Estas coisa são sempre boas e é muito engraçado conhecer pessoalmente as pessoas :)
Pena não ter sido em Lisboa :)
Beijinho

gintoino disse...

ameixa, o assunto da borboleta foi resolvido. Vê o mail ;-)

Nani disse...

Olá Ameixinha, com que então temos poeta, hein??? aguardava ansiosa pelos comentários ao nosso encontro na invicta, mas tal não esperava, superaste-te a ti mesma, valeu bem a espera, tudo descrito de uma forma linda, adorei cada quadra,bjs.

ameixa seca disse...

Fernanda, obrigada :)
Catarina, entre ter jeitinho e ser poeta... vai um passo enorme :)Em relação às fotos, temos que respeitar quem não quer aparecer e eu respeito :)
Rosangela, concordo :)
Argas, se não fosse um belo encontro eu não tinha material para escrever estes versinhos :)
Cinha, espero bem que sim :)
Rute, a música passa vezes sem fim no meu blog e carregando no nome dela vão ter ao youtube :) Foi um encontro digno de lembrança :)
Isabel, foi uma tarde marcante :)
Canela, do melhor mesmo :)
Priscila, obrigada :)
Bóbora, é melhor é :) Nunca se saber onde a minha "grandeza" vai parar he he Fnac não me parece... gosto mais da Lello :) Fotos não pode ser, tenho que respeitar quem não quer aparecer!
Edinha, espero que quando for em Lisboa as pessoas não faltem :)
Gintoino, obrigada, depois faço o upload do post :)
Nani, é bom quando superamos as expectativas né? O encontro merecia algo assim :)

Sylvia disse...

Ja tinha lido um pouco do encontro de vcs , ams agora mas saudades de Portugal me deu, acredita que as vezes quando sinto o cheiro, acho que dos freios do comboio, me lebra quando iamos com a minha mae de Cascais a Lisboa. Quero muito que meu marido conheca esa tera abencoada e linda de voces.
Beijos

Armando e Fátima disse...

Ameixinha, PARABENS! A descrição do vosso encontro ficou fantástica! Adorei "passear" convosco através dos teus versos! Que bom terem passado momentos de Amizade e Convívio tão agradáveis! Quando fizerem aqui em Lisboa, também quero ir!!!Foi uma linda ideia a de terem passado pela Livraria Lello, a mais bela Livraria do Mundo, segundo li há tempos.Um beijinho especial para ti e para todas as blogueiras participantes. Bjs. Bombom

Smas disse...

Estou cheia de inveja desse encontro!!!! Bjs

A DONA DO MUNDO disse...

QUE BELO ENCONTRO E QUE VERSOS FANTÁSTICOS
FIQUEI SEM COMPUTADOR SEM UNS DIAS E JÁ MORRI DE SAUDADE DE TODAS VCS!!!
UM BEIJO

RUTE disse...

1º costumo ter sempre o som desligado;

2º liguei só para ouvir a música mas clickando fui parar ao cotonete;

3º é música, mas não é a música com estes versos, certo?

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Ameixa!!!

Esse encontro foi um verdadeiro tour à cidade do Porto!...:)
Estiveram em sítios lindos e que me trazem imensas saudades!:)

Nem imagino como terá sido essa reunião de gajas boas...ehehe!...

Os versinhos estão ó máximo!...cheios de humor como já faz parte do teu estilo!:)

Beijinhos!!

Cláudia M. disse...

Oh minha linda, eu estou mais que roída. Ainda andei a "conspirar" com a Cenourita, mas depois não deu mesmo.

Há que preparar o próximo, não? Em terras da Mourama eheheh

Beijinhos

ameixa seca disse...

Sylvia, acho que todas as terras têm o seu encanto :) Portugal é muito belo mas poderia estar ainda mais bonito!
Bombom, espero que ninguém invente desculpas quando for organizado um encontro em Lisboa :) A Lello é, para mim, a mais bonita livraria do Mundo, sem dúvida nenhuma!
Smas, quando vieres para estes lados, já sabes ;)
Karoline, ainda bem que voltaste :)
Rute, se clicares nas palavras do post que dizem "Vinho do Porto" vais direitinha ao youtube ouvir essa música! Os versos que estão entre aspas sao da musica escrita por Paião. Os outros fui mesmo eu que escrevinhei mas ainda não me deu para os cantar he he
Leonor, foi um espectáculo. Para a próxima tem que ser numa altura que cá estejas, se quiseres aparecer :)
Cláudia M., mouros é assim... conspiram, conspiram e depois, fica tudo em água de bacalhau he he Bamos lá bere se um dia destes apareço aí a baixo para fazer bere aos mouros como se mostram os dentes para a fotografia he he

Alcina disse...

Ora ora então temos poetisa hehe, muito bem menina ameixinha, gostei dessa descrição assim em verso :-) já vi que o encontro foi muito bonito, fico contente, e com pena de não poder ir, para a próxima pode ser :-)
bjinhos

cupido disse...

bem, a versejar assim, ainda vai o rafael correia rumo ao norte :)

prontes, gajas boas na baixa.

e na foz.

e em são bentinho.

e na chaudron.

e no Mac...

Mónica Teodoro disse...

Temos poeta!!!Belo poema o teu, e que inveja tenho de vocês, eu aqui tão perto e não sabia desse encontro. Fica para a próxima.
Beijocas.

Armando e Fátima disse...

Senhora Dona Ameixinha
A espicaçar a Mourama!
Olhe que os Alfacinhas,
de bem receber têm fama!

Cá te espero! E se puder, também colaboro na organização. Um abraço da Bombom

ameixa seca disse...

Alcina, tomara que para a próxima possas ir :)
Cupido, ainda viro lenda da cultura musical he he As gajas boas estavam lá mas "o gajo" teve medo de aparecer tal era a concentração de beleza :) É que nós intimidamos qualquer um!
Mónica, eu avisei cá no blog com duas semanas de antecedência. Pode ser que consigas ir para uma próxima :)
Bombom, o relato do próximo encontro fica por tua conta já que tens veia poética também he he

Lourdes Sabioni disse...

Ameixinha to pasma té agora! De encontrar uma pessoa tão parecida comigo em todos os aspectos citados, eu me vi num espelho!!!
Que pena que não pude estar no encontro do ano!!!Adoraria te conhecer! Bjs

Gina disse...

Acho que te descobri na foto que a Ana postou. Claro que procurei pelos olhos da cor de canela!
Menina, vocês conseguiram reunir uma turma boa, hein!
Olhe, adoro cupuaçu e tenho um post prontinho para publicar sobre ele. Espero que goste também.
Seu talento pra poesia eu já conhecia lá do Intercâmbio, agora só confirmei. Você conseguiu fazer um resumo e tanto!
Amei e fiquei feliz por vocês.
Beijos.

adriana disse...

que bom!! também gostava de te conhecer. se fizerem algum encontro por perto da minha zona adorava poder ir , embora fosse um bocado intrussa porque eu
" cozinho " melhor com os pincéis, mas ...de certeza que gostava!!!
Que tenhas um bom dia!

Ana Powell disse...

Olá boas
Não te conhecia com essa veia poética.
És o máximo x

Baú da Conceição disse...

Ameixinha que bela ode ao nosso encontro, descreveste tal e qual.
Foi muito bom, pena que da minha parte foi só um pouquinho, mas adorei conhece-las.Foi muito bom.

Mundo de Alice disse...

Ameixa a poesia está no teu sangue!!!adorei
e lá no blog da Ana, acho que te identifiquei...
bjs

ameixa seca disse...

Lourdes, às vezes acontece assim de ter muito em comum com pessoas que nem conhecemos a cara :)
Gina, será que descobriste? Não dá nem para ver a cor dos olhos já que as fotos estão a preto e branco he he Fico à espera do post acerca do cupuaçu :)
Adriana, se for para esses lados será mesmo em Lisboa e teria muito gosto em conhecer-te! Não é obrigatório serem blogueiras culinárias he he
Ana, é uma veia um bocadito adormecida... só acorda de quando em quando :)
Conceição, o nosso encontro merecia algo com pompa e circunstância :)
Alice, não sei se me identificaste bem mas acho que não será dificil saber quem sou eu :)

Paula disse...

hehehehe
agora tens alma de poeta coracao jovem e divertido e simpatico ! tou a gostar de te ler cada vez mais !
quanto a tal tia o nome dir te ei por email pode ser ? pra ja digo te q reside no Estoril esta ligada a decoracao e qdo lhe chamei tia foi plo ar " bem zoca " com aquelas expressoes a tia : ta a ver sei la etc etc...mas que ate a acho educada e simpatica, apenas foi giro numa cidade enorme como ny encontra la mai la filha e o marido e os netos ehheheeheh, td a falar o " taaverseila " heheheheeh
bjos minha linda e td de bom pra ti minha querida !

ameixa seca disse...

Paula, eu ainda não sou tia he he É por isso que não conheço ninguém dessas bandas :)

monica disse...

Ameixa,
eu bem sabia que o encontro no Porto ía ser descrito por ti com humor e brejeirice, mas em quadras nunca tal me passou pela cabeça!És uma caixinha de surpresas!E tens jeito para a coisa! Gostei muito do texto, parabéns!
Beijinhos

ameixa seca disse...

Monica, eu tento tero factor surpresa sempre do meu lado. Não é fácil, mas este encontro merecia algo assim :)